Polícia

Acidentes

Recent Posts

Prefeitura entrega Camelodromo para trabalhadores ambulantes em Altamira

A ARAUJO SISTEMA DE COMUNICAÇÃO 12:23:00 Add Comment


Depois da ação que desobstruiu as calçadas das ruas do comércio da cidade de Altamira, no sudoeste do estado do Pará, no ano passado, os trabalhadores da economia informal revoltados deixaram o espaço livre para os pedestres garantindo o direito de ir e vir. A ação gerou muita polêmica, prato degustado com todo prazer pela oposição. A prefeitura garantiu o pagamento de um salário para os camelos que eram cadastrados pela Associação durante o período que ficaram sem o trabalho.



Mas a ação já tinha um projeto para construção de um espaço digno para os trabalhadores, o prefeito Domingos Juvenil apresentou para a Associação dos camelôs o projeto do shopping popular, conhecido como camelódromo, e garantiu que dentro de um ano a obra estaria sendo entregue. O fato foi consumado em apenas oito meses de construção, uma obra moderna, confortável e um espaço digno de trabalho e de receptividade às pessoas que vão frequentar o espaço atrás de fazer suas compras. Além de um local mais higiênico onde poderão expor suas mercadorias, principalmente a parte de alimentação.



Na noite desta quarta-feira (29) de junho o gestor municipal entregou a obra, 90 boxes aos trabalhadores que foram retirados das calçadas e que foram cadastrados pela Associação dos Camelôs. O espaço também conta com uma praça de alimentação. Milhares de pessoas compareceram para conhecer o investimento e o novo espaço de compras dos altamirenses. Na ocasião o prefeito Domingos Juvenil lembrou da luta do ex presidente da Associação dos Camelôs, Luiz Nonato por um local adequado para os trabalhadores, Nonato disse que o que está acontecendo hoje é a realização de um sonho e de um compromisso firmado entre a atual gestão e a classe.



Para o atual presidente da Associação Elesbão Carvalho “o espaço é muito maravilhoso, bonito e bem estruturado, é a realização de um sonho que o prefeito Domingos Juvenil proporcionou aos trabalhadores da economia informal, ele prometeu e cumpriu dentro do prazo estabelecido, ele está de parabéns e quem ganha não é somente os camelôs, mas toda a população altamirense, esse é o único gestor que faz por Altamira e pela população, parabéns prefeito”, disse o presidente. Elesbão pediu desculpas aos comerciantes das ruas 7 de setembro, Djalma Dutra, 10 de novembro e demais ruas onde eram ocupadas as frentes das lojas pelos camelôs.


O local onde foi construído o shopping popular antes era um lixão urbano, próximo da feira municipal, no centro da cidade, “servia de criadouros de ratos, as aves de rapina usavam o local para fazer a sua alimentação dos dejetos que eram ali despejados, esse local fétido deu lugar a um belo espaço de frequentação pública, um espaço de negócios, disse o prefeito”.



O shopping popular recebeu o nome do empresário José Góes, dono do pátio do Góes como é conhecido, ele foi homenageado com o nome do camelódromo devido a sua contribuição com os trabalhadores da economia informal, Góes cedia o espaço da frente do seu armazém espaço chamado de pátio do Góes para que os camelôs colocassem ali seus negócios em busca da sobrevivência e do sustento de suas famílias, ele não cobrava nada pela ocupação do espaço, isso por muitas décadas. José Góes esteve presente na inauguração acompanhado de seus filhos e nora, ele ficou muito honrado com a homenagem e agradeceu ao gestor municipal.

Fatos Regionais

Você pagaria R$ 1 milhão por esse Volkswagen Fusca?

A ARAUJO SISTEMA DE COMUNICAÇÃO 06:58:00 Add Comment

O Fusca foi um dos carros mais marcantes do século passado e sua história começa nos anos 30, década na qual foi projetado na Alemanha nazista, com envolvimento inclusive de Adolf Hitler. No entanto, por conta das circunstâncias envolvendo a 2ª Guerra Mundial, a primeira fábrica do carro apenas produziu alguns Fuscas para os próprios oficiais nazistas. Esse modelo acabou ficando conhecido como KdF-Wagen e foram feitas apenas 840 unidades.

Dessa forma, trata-se de um exemplar do Volkswagen Fusca realmente bastante raro. Mas agora surge a notícia de que um desses sobreviventes foi colocado à venda por um colecionador da Carolina do Norte, nos Estados Unidos. O Fusca em questão é um modelo 1943, que na ápoca foi doado ao diretor da Cruz Vermelha alemã.

Como você pode ver nas fotos abaixo, o carro está em excepcional estado de conservação, depois ter sofrido uma restauração bastante detalhada. Aliás, vale destacar que esse Fusca foi comprado na Polônia, depois de ter sido confirmado que era um legítimo KdF-Wagen. Em seguida, foi enviado para a Alemanha para que sua reconstrução fosse a mais fiel possível, sendo realizada pelo especialista Peter Schmalbach.

Atualmente, estima-se que o lance vencedor deverá ficar próximo dos 300 mil dólares, que são equivalentes a cerca de 1 milhão de reais. Veja nas imagens abaixo o estado de conservação do veículo.




Para ilustrar a importância histórica desse carro, os dois vídeos a seguir retratam alguns dos Fuscas produzidos nos anos 40 do século passado (inclusive o último KdF-Wagen). Agora responda: você teria coragem de pagar um milhão de reais num Fusca?

Pai esfaqueia filho de 6 meses de idade em Uruará

A ARAUJO SISTEMA DE COMUNICAÇÃO 06:05:00 Add Comment

No início da noite desta quarta-feira, 29 de junho, um ato bárbaro de violência vitimou um bebê de apenas 6 meses de idade na cidade de Uruará. O próprio pai da criança acabou esfaqueando o bebê na barriga após chegar em casa aparentemente embriagado quando iniciou uma briga com a mãe da criança e em seguida pegou uma faca e tentou golpear a mãe e acabou atingindo o bebê que estava no colo da mulher.

Foto divulgada pela Polícia: Breno Coutinho da Silva
A Polícia Militar foi acionada, mas o autor da barbaridade, Breno Coutinho da Silva, acabou fugindo e não foi encontrado no local.

A criança foi socorrida e levada para o Hospital Municipal e encaminhada para o Hospital Regional Público da Transamazônica em Altamira devido a gravidade do ferimento que atingiu o intestino do bebê.

De acordo com o Delegado de Polícia Civil, Walison Damasceno, será feito um procedimento de tentativa de homicídio contra o pai da criança, caso ele não se entregue a polícia ou não seja encontrado, sua prisão preventiva será pedida a justiça.

Por Joabe Reis
Informações: Polícia Civil

Repórter Sidalécio Souza recebe comenda honorífica de cidadão Altamirense no Pará

A ARAUJO SISTEMA DE COMUNICAÇÃO 05:35:00 Add Comment

Meus agradecimentos primeiramente a Deus, depois ao vereador Eládio Farias (Eládio Lampião), a minha esposa Luana Carvalho Souza, a minha família, minha querida e amada mãe Maria Martins que me dá um apoio incondicional, meus irmãos e amigos. Colegas de profissão em fim, essa comenda é para a população e a todos que acreditam no meu trabalho. MUITO OBRIGADO!

HISTÓRICO DO JORNALISTA SIDALÉCIO

Souza Sidalécio Souza da Silva Carvalho, casado Com Luana Carvalho Dias, pai de três filhos, Sid Henrique, Weyvida Souza e Ketlhyn Vitória. Sidalécio nasceu na cidade de Itapetinga Bahia em 1986 e em 87 chegou a Altamira onde vive há 29 anos.


Trabalhando na área de comunicação há 14 anos, Sidalécio Souza é reconhecido e registrado como jornalista no Sindicado dos Jornalistas do Pará com registro na Capital do Estado. O profissional já passou por várias emissoras de rádio e televisão, entre elas: o SBT, REDETV, TV Cidade Brasil Novo, TV Cultura, participou com reportagens no SBT Marabá, SBT Tucuruí, Rádio FM Vale do Xingu, Rádio Nativa FM, Rádio Popular FM Brasil Novo, fui correspondente da Regional FM Uruará, correspondente da Rádio Filadélfia 105.9 FM Tucuruí programa “Tribuna do Povo”. Por um bom tempo assumiu cargos importantes em emissoras como: Chefe de redação, produtor, apresentador e diretor de jornalismo, função que ate hoje está a frente.


Sidalécio Souza também já fez parte da primeira União Municipal do Estudantes de Altamira, a extinta UMEA, depois em 2003 foi convidado a participar da União Geral dos Estudantes com sede em Belém, lutou pela primeira vez pela implantação da carteira escolar para os estudantes em Altamira e pelos descontos em lojas, supermercados, meia entrada em logradouros públicos e meia passagem em transporte intermunicipal e interestadual. O jornalista já foi segundo secretário da Associação dos Profissionais de Comunicação da Transamazônica e Xingu onde ajudou o presidente da APIATX na época Magno Rabelo a realizar o primeiro Seminário de jornalismo para os profissionais da região em Santarém.

Atualmente Sidalécio Souza é presidente do bairro Conjunto Ilvalândia, diretor de jornalismo da TV Altamira afiliada a rede Cultura de Televisão, Blogueiro com apoio na recente Associação de Blogueiros do Oeste do Pará e Diretor Social no Conselho Municipal de Bairros e Entidades de Altamira (COMBEMAT).

Dias Toffoli manda soltar Paulo Bernardo

A ARAUJO SISTEMA DE COMUNICAÇÃO 19:27:00 Add Comment


O Ministro do STF Dias Toffoli mandou a justiça de São Paulo soltar o ex-ministro Paulo Bernardo, marido de Gleisi Hoffmann, preso durante a Operação Custo Brasil e determinou que sejam adotadas medidas cautelares no lugar da prisão. Toffoli concedeu a liminar revogando a prisão preventiva de Paulo Bernardo, alegando ter havido “constrangimento ilegal” em sua detenção.



A senadora Gleisi Hoffmann agradeceu a decisão do ex-advogado do PT (Toffoli) e comemorou a soltura do marido durante a comissão especial do impeachment.

“Isso é fundamental par mim, para nós. Não tinha base nenhuma para essa prisão acontecer” declarou a senadora nesta quarta-feira, 29, após a decisão.

Fonte: Imprensa Viva

MPF denuncia desvio de R$ 1,7 milhão da UFPA

A ARAUJO SISTEMA DE COMUNICAÇÃO 13:27:00 Add Comment
(Foto: Ney Marcondes/Diário do Pará)
O Ministério Público Federal (MPF) denunciou à Justiça um grupo de 16 servidores públicos acusados pelo desvio de R$ 1,7 milhão em recursos federais destinados ao financiamento de projetos educacionais da Universidade Federal do Estado do Pará (UFPA).

Os recursos foram desviados entre 2005 e 2009 na Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa (Fadesp), gerenciadora das verbas. Foram denunciados servidores da fundação que na época atuavam como diretores, coordenadores técnicos de projetos e, principalmente, componentes de comissões de licitações.

Segundo o MPF, a denúncia pelos crimes de peculato, formação de quadrilha e uso de documentos falsos foi encaminhada à Justiça Federal em Belém na última sexta-feira (24). Caso condenados, os acusados podem ser punidos com até 22 anos de cadeia, pagamento de multas e reparação integral dos prejuízos aos cofres públicos.

As licitações não eram publicadas no portal da Transparência da Fadesp, não eram submetidas a pareceres jurídicos e não contavam com documentos essenciais, como comprovantes de entregas de convites a empresas licitantes e envelopes de habilitação e propostas.

Os suspeitos de envolvimento são: Carlos Alberto Tabosa da Silva Júnior; João Farias Guerreiro; Marlene Perotes de Araújo Brabo; Selma Dias Leite; Cleidy Aparecida Alves Lopes; Marcelo Aguiar de Oliveira Costa; Marcela Rodrigues Marçal; Eliana Alzira Levy Gomes Fernandes; Ney Cristina Monteiro de Oliveira; Evanildo Moraes Estumano; Jacqueline Cunha da Serra Freire; Paulo Flávio Fonseca Bezerra; Joselina Alves Araújo; Rodrigo Gonzaga Lemos; Raimundo Alberto de Figueiredo Damasceno e Wanderléia Azevedo Medeiros Leitão.

Como funcionava o esquema


De acordo com o MPF, o esquema funcionava com as seguintes etapas:

1. Coordenador de projeto educacional solicitava à Fadesp contratação de empresa para fornecimento de serviços ou materiais;

2. A Fadesp selecionava a empresa por meio de licitações irregulares, baseadas em documentos falsos fornecidos pela comissão de licitação;

3. A vencedora da licitação era, na maioria das vezes, uma empresa de fachada;

4. O grupo criava documentação falsa para parecer que os materiais ou serviços contratados haviam sido entregues;

5. As notas fiscais frias, referentes a esses produtos ou serviços, eram atestadas pelo coordenador de projeto;

6. Os cheques para pagamento desses serviços eram emitidos nominalmente para a própria Fadesp, e descontados em agências bancárias por integrantes do grupo de fraudadores.

(Com informações do MPF)

SBT vai cancelar primeiro horário de novelas para produção de novo projeto

A ARAUJO SISTEMA DE COMUNICAÇÃO 07:11:00 Add Comment
(Foto: Reprodução)
O SBT vai promover mudanças na programação vespertina nos próximos meses e vai cancelar o primeiro horário de novelas.

De acordo com as informações do jornalista José Armando Vannucci, a direção de programação do canal decidiu que apenas três novelas ficarão no ar. No momento são elas: “Mar de Amor“, “Abismo de Paixão” e “Meu Coração É Teu“. Sendo assim, não haverá substituta para “A Mentira“.

No lugar de “A Mentira“, está previsto um novo projeto, guardado a sete chaves pela direção do canal de Silvio Santos.

Por: Paulo Carvalho - Bastidores da TV

Pará pode ganhar o 1° Batalhão de Fronteiras

A ARAUJO SISTEMA DE COMUNICAÇÃO 20:38:00 Add Comment

O deputado Ozório Juvenil propôs a criação de um Batalhão de Fronteira da Policia Militar para combater o tráfico de drogas e a pirataria no Estado do Pará. O projeto quer a implantação de um Batalhão especializado para combater a ação de piratas e impedir o ingresso e a comercialização de entorpecentes nas áreas de fronteiras dos rios do estado, que são extensas e pouco vigiadas. A maior parte das drogas que entra no Pará são transportadas de barco por pessoas chamadas de “mulas”.

O 1º Batalhão de Fronteira da Policia Militar do Estado do Pará será responsável pela segurança da navegação fluvial dos rios, combatendo os ataques de piratas à navios, embarcações de médio porte e balsas que se deslocam, sobretudo, no estreito de Breves, ponto estratégico de ligação fluvial entre os estados do Pará, Amapá e Amazonas.

Assaltos às embarcações e tráfico de drogas estão, em muitos casos, intimamente ligados por ação da marginalidade, que identificam uma via fácil de deslocamento para ingresso e comercialização de entorpecentes.

Pelo projeto do deputado Ozório Juvenil, o 1º Batalhão ficaria sediado no município de Breves, na Ilha do Marajó. Outros Batalhões poderão ser criados em cidades como Santarém, Conceição do Araguaia, Marabá e Vigia.

Fonte: Ascom/Alepa

Trabalhador rural é assassinado com tiro de espingarda em Uruará

A ARAUJO SISTEMA DE COMUNICAÇÃO 21:09:00 Add Comment

Um homem foi assassinado a tiros numa propriedade do travessão 175 norte, na zona rural do município de Uruará (PA), 11 km do centro urbano.

Após uma bebedeira houve uma discussão acalorada entre dois homens e em seguida a vítima, Mário Cezar Sousa Bispo, 40 anos, foi alvejado com um tiro de espingarda calibre 36.

Este foi o primeiro homicídio ocorrido no mês de junho de 2016 no município e como os demais homicídios (8 anteriores), teve o envolvimento de bebida alcoólica.


A equipe da polícia civil, IPC Alexandre e IPC Silvio Alex e DPC Walison Damasceno estiveram no local para fazer os primeiros levantamentos investigativos. De acordo com depoimento já coletados pela polícia, a vítima sempre quando bebia ficava agressiva.

As circunstâncias do crime estão sendo apuradas, mas o autor do homicídio identificado pelo nome Luan Pantoja da Silva, 26 anos, está foragido.


Sistema Regional de Comunicação

Acidente com vitima fatal na BR-230

A ARAUJO SISTEMA DE COMUNICAÇÃO 20:55:00 Add Comment
Vítima fatal
Mais um acidente com vitima fatal na ponte do km 25, entre os distritos de Miritituba e Campo Verde na Rodovia Transamazônica BR-230.


Segundo informações, o acidente aconteceu na tarde desta segunda feira, 27 de junho, por volta das 18:30 na ponte do km 25 envolvendo três veículos, um caminhão, uma camionete e um carro pequeno.


No acidente Marcos Pereira Fontenelle morreu no local. Outras pessoas ficaram feridas e foram conduzidas para o Hospital Municipal.

Fonte: Blog do Junior Ribeiro

Prefeito de Vitória do Xingu é condenado a 8 anos de prisão

A ARAUJO SISTEMA DE COMUNICAÇÃO 20:37:00 Add Comment

Com votação unânime realizada nesta segunda-feira (27), a Câmara Criminal do TJ – Pará, julgou e condenou, a 8 anos e 8 meses de prisão, o prefeito Erivando Oliveira do Amaral (PSB), de Vitória do Xingu, oeste do estado.

A decisão de hoje é referente ao processo instaurado em 2003, que acusa o prefeito de improbidade administrativa e falsificação documental, na época em que era presidente da Câmara de Vereadores do Município. Segundo denúncias, Vando fraudou assinaturas e arquitetou viagens que nunca existiram, fato que ficou confirmado após a apresentação de documentos comprobatórios e acareações da justiça paraense.

Com a decisão, Erivando Amaral ainda pode recorrer ao Supremo Tribunal de Justiça – STJ, porém fora do cargo por determinação da justiça paraense, segundo a sentença o afastamento é para que o réu não venha cometer mais práticas criminosas.

TRECHO DA DECISÃO
“Narra a exordial acusatória, que a Vereadora Maria das Neves Azevedo dos Santos, solicitou a prestação de contas do denunciado ERIVANDO OLIVEIRA AMARAL, que era presidente da Câmara Municipal de Vitória do Xingu, referente ao exercício de 2001, haja vista que o mesmo se recusava a apresentá-la em plenário. A vereadora supracitada foi surpreendida ao ver que na prestação de contas constava a concessão de 06 (seis) diárias para Belém, no valor de R$ 900,00 (novecentos reais), afirma nunca ter recebido, assinado e viajado, alegando que a sua assinatura constante às 40 fora falsificada” relata a decisão.

NOTA:
O prefeito informou que sua defesa vai recorrer da decisão no Supremo, e classificou a condenação como perseguição política, ele ainda afirmou que aguarda com tranquilidade a notificação da justiça.


Portal do Xingu com informações de Felype Adms

DUPLO HOMICÍDIO NESTE FINAL DE SEMANA EM ALTAMIRA

A ARAUJO SISTEMA DE COMUNICAÇÃO 09:02:00 Add Comment

O crime foi na noite deste domingo (26), no RUC Laranjeiras e segundo testemunhas, o assassino, ao deixar o local ainda saiu avisando a vizinhança, que tinha matado duas pessoas é que chamassem a polícia, em seguida fugiu.

Sabendo que havia uma criança de colo na residência, vizinhos correram desesperados para a casa, encontraram duas mulheres mortas, uma no quarto e outra na sala, a criança um menino de 1 ano e quatro meses estava ilesa, deitada e dormindo em um berço.


A PM e o IML foram acionados já por volta das 23h, o autor do crime ainda tentou fugir sentido Brasil Novo, porém uma guarnição conseguiu interceptar e prender o autor confesso do crime, ele é Denildo Oliveira Andrade de 28 anos e já está à disposição da justiça, na Seccional Urbana de Altamira ele confessou o crime.

"Matei elas duas, usei uma faca só" disse Denildo.


O motivo do crime seria passional, uma traição por parte de Lucia Pereira, esposa do acusado, Eva Braga de 26 anos que também estava na casa foi assassina na sala ela era amiga de Lucia, ambas estavam despidas. O caso segue sob investigação da polícia civil da cidade.

O RUC Laranjeiras é um dos 5 reassentamentos urbanos coletivos, construídos pela Norte Energia, onde moram famílias que antes ocuparam áreas de baixões e pontos onde foram afetados pelo lago da usina de Belo Monte.

Por: Felype Adms
www.tvcidadesbt.com.br

No DF, 80% apostam em Temer

A ARAUJO SISTEMA DE COMUNICAÇÃO 23:46:00 Add Comment
Instituto Exata mostra que oito em cada dez moradores da capital gostaria que o governo
Beto Barata/PR
Depois de uma largada turbulenta, o governo interino de Michel Temer começa a emitir sinais de melhora na economia e aceitação popular. Segundo pesquisa do Instituto Exata de Opinião Pública (Exata OP), oito em cada dez moradores do Distrito Federal estão na torcida para o sucesso da gestão Temer. É um indicativo da retomada da credibilidade do Governo Federal, fator visto como essencial para retorno dos investimentos da iniciativa privada e o reaquecimento da economia.

Concluída agora, a pesquisa escutou 625 pessoas sobre as primeiras semanas da administração interina. Deste total, mais de 80% dos entrevistados fazem votos pelo êxito de Temer à frente do Palácio do Planalto. “É quase uma unanimidade. Este é um número significativo para que o governo dê certo”, afirmou o diretor do instituto, Marcus Caldas. O principal ativo da gestão é a equipe econômica, conduzida pelo ministro da Fazenda, Henrique Meirelles.

Segundo Caldas, as decisões econômicas têm sido acertados e com isso Temer está apresentando sinais de que poderá equalizar a economia, que atualmente está em frangalhos. “Já vimos uma ligeira queda na inflação. Em junho ela fechou em 0,4%, quando a expectativa era de 0,8%. Vamos ver se no próximo mês essa tendência se confirma. Se isso acontecer, no final do ano, ao invés de termos uma inflação de 11% poderemos ter 8% ou 7%”, argumentou. A recente renegociação das dívidas dos estados também foi passo “acertado” do governo-tampão.

Para 50% vai melhorar
A pesquisa também perguntou se os entrevistados acreditam que o País vai melhorar, piorar ou ficar na mesma situação sob a direção de Temer. Em números aproximados, 50% das pessoas afirmaram que o cenário nacional vai melhorar. Já 30% disseram que nada mudará. Entre os depoimentos, 20% acreditam que o Brasil vai ladeira a baixo. Conforme a leitura de Caldas, este quadro mostra um grau de otimismo consolidado para médio prazo.
Confiança se torna essencial
“A economia não funciona só com números concretos. Ela também opera sob o ponto de vista psicológico. Pelo desejo, pela confiança, os empresários investem. Pelo mesmo desejo, pela mesma confiança, as famílias consomem”, contou o professor de Administração Pública e Finanças Públicas da Universidade de Brasília (UnB) José Matias-Pereira.

Na análise do especialista, a gestão da presidente afastada Dilma Rousseff perdeu a capacidade de gerar confiança. Por outro lado, o governo interino de Temer está conseguindo sinais positivos, justamente, porque está recuperando a credibilidade do Executivo.

“Um governo sem credibilidade não tem mais o que fazer. Se Dilma tivesse um perfil de estadista, já teria se afastado definitivamente”, comentou. No entanto, Matias-Pereira é realista e considera que o Brasil ainda tem um longo caminho até a estabilidade.

Por Francisco Dutra | Jornal de Brasília

Ministério espera melhora do emprego no 2º semestre

A ARAUJO SISTEMA DE COMUNICAÇÃO 23:35:00 Add Comment
O ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, avaliou que os dados do Caged começam a mostrar uma reversão do quadro de declínio

Produção de café puxou alta de vagas na comparação com os números registrados em maio do ano passado
O ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, afirmou que o mercado começa a reverter a tendência de perda de postos de emprego. Apesar disso, ainda não voltou ao nível ideal. Em maio, houve retração de 0,18%, com saldo negativo de 72.615 vagas.

Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e mostram que esse ritmo de declínio está perdendo força. Em maio do ano passado, essas perdas haviam sido maiores, de 115.559 vagas.

“Acredito estarmos iniciando um processo de recuperação gradativa. Começamos a reverter essa curva e, podemos, no segundo semestre, ter resultados bem melhores”, avaliou. Entre os setores listados no cadastro, agropecuária e administração pública apresentaram resultados positivos.

Comércio, indústria, serviços, em contraponto, ficaram no negativo. Nos que ficaram no azul, agricultura gerou 43.117 postos de trabalho em maio – número mais de quatro vezes superior ao registrado em abril, quando foram abertas 8.051 vagas.

Produção de café

Frente a maio do ano passado, o total de empregos no setor cresceu 52%. Essa alta foi puxada principalmente pela produção de café. A administração pública também apresentou saldo positivo, com 1.391 postos.

O Caged mostra ainda que o emprego ficou no positivo em Minas Gerais (9.304), Espírito Santo (1.226), Mato Grosso do Sul (562), Goiás (153) e Acre (147). Nos demais estados houve perda de postos de trabalho.

Os números desse cadastro reforçam ainda a necessidade das medidas que têm sido propostas pelo governo em exercício, que assumiu a presidência em meados de maio.

Medidas no Congresso

Parte desses projetos ainda precisa de aprovação do Congresso Nacional para começar a valer, como o que cria um teto para o crescimento dos gastos públicos.

Outras, ainda estão em fase de desenho e devem ser apresentadas em breve, como as propostas de modernização das leis trabalhistas e da previdência.

Integrantes da equipe econômica têm defendido que essas propostas são necessárias para reorganizar a economia, diminuir a inflação e gerar emprego e renda.

Parte da crise que o País vive foi causada pelos desequilíbrios financeiros ocorridos antes da chegada do governo em exercício.


Fonte: Portal Brasil, com informações do Ministério do Trabalho.

STF devolve ao Pará 300 mil hectares de terras na região do Baixo Amazonas

A ARAUJO SISTEMA DE COMUNICAÇÃO 12:22:00 Add Comment
O Estado foi defendido na ação pelo procurador Ophir Cavalcante Junior, coordenador da PGE em Brasília, que considerou a decisão “uma vitória da sociedade paraense.
A Procuradoria Geral do Estado conseguiu modificar a jurisprudência do Supremo Tribunal Federal (STF), que até então vinha anulando a decisão administrativa do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e da Corregedoria Geral de Justiça do Tribunal de Justiça do Estado do Pará, que cancelara administrativamente mais de seis mil títulos e os respectivos registros de imóveis em cartórios do interior do estado.

A decisão foi tomada, por unanimidade, na sessão desta semana da 1ª. Turma do STF, que teve como relator o ministro Luiz Fux. Tudo iniciou com um Mandado de Segurança em que Antônio Cabral de Abreu, acusado de grilagem das terras pertencentes ao Estado e à União, conhecidas como Gleba Juruti Velho, pleiteou e obteve uma liminar que suspendia a decisão do CNJ e da Corregedoria de Justiça do Estado quanto ao cancelamento administrativo dos seus títulos.

O Estado foi defendido na ação pelo procurador Ophir Cavalcante Junior, coordenador da PGE em Brasília, que desenvolveu a tese de que “sendo as terras públicas oriundas da Coroa Portuguesa, a prova da regularidade da cadeia dominial deve ser feita pelo que se diz proprietário e não pelo Poder Público”. Por isso, o cancelamento administrativo prescindia de ouvir aquele que se dizia titular do domínio, cabendo à ele comprovar junto à Corregedoria do Tribunal de Justiça que seus títulos não eram fruto de “grilagem” ou fraude nos registros cartoriais.

A decisão foi tomada, por unanimidade, na sessão desta semana da 1ª. Turma do STF, que teve como relator o ministro Luiz Fux. Em sua explanação, ele alertou para “a situação caótica dos registros de terras no Estado do Pará.
Na decisão o ministro Luiz Fux alertou para “a situação caótica dos registros de terras no Estado do Pará, que chegou ao ponto de ter municípios em que os registros e matrículas imobiliários apontam áreas territoriais maiores do que o próprio Estado, situação teratológica que certamente conduziu a Corregedoria Nacional de Justiça a tomar a decisão ora impugnada, para tentar colocar ordem na atividade registral daquela unidade federativa”.

Para Ophir Cavalcante Júnior, “foi uma vitória da sociedade paraense. A questão fundiária é um dos maiores focos da tensão no campo, que tem repercussões desastrosas na questão dos direitos humanos, meio ambiente e na segurança jurídica para o desenvolvimento do agronegócio”. E conclui: “O desafio do Estado do Pará é organizar, via Corregedoria de Justiça do Tribunal de Justiça do Estado, em conjunto com o Iterpa, esse descalabro, sendo que até hoje o principal entrave é a União Federal, que pelo Decreto Federal nº 1164, de 1971, retirou – e ainda não adotou os procedimentos necessários para em definitivo solucionar a situação - dos estados as terras situadas dentro de uma faixa de 100 km de cada lado de todas as estradas federais existentes, em construção ou simplesmente projetadas e não iniciadas." O processo ficou conhecido como a "federalização das terras amazônicas", tendo o Estado ficado com apenas 30% das terras sobre o seu domínio.

Por Pascoal Gemaque  Agência Pará

Tecnologia