Cortaria todos os recursos para direitos humanos, diz Bolsonaro se fosse eleito

quarta-feira, janeiro 27, 2016

Jair Bolsonaro, deputado federal e capitão da reserva do Exército Brasileiro, esteve em Porto Alegre para participar da cerimônia de passagem de comando do Comando Militar do Sul.

Bolsonaro afirmou que está prestes a deixar o PP e se filiar ao PSC, partido pelo qual, possivelmente se candidatará à presidência da República em 2018, no entanto, salientou que ainda não se considera pré-candidato.

Em entrevista à Rádio Guaíba nesta terça-feira, Bolsonaro se mostrou contra a atuação de Organizações Não-Governamentais (ONGs) relacionadas aos direitos humanos. “Eu cortaria todos os recursos para ONGs de direitos humanos. Esse pessoal vive da violência e vive dentro do governo”, justificou o político.

Projeto cria cadeia 5 estrelas e dia em homenagem ao presidiário
O deputado também lembrou e criticou PL 2230/2011, de autoria do deputado Domingos Dutra, à época, parlamentar do PT do Amazonas, partido do qual se desfiliou em 2013.

“Nós arquivamos um projeto, que daqui a pouco será desarquivado, que é o Estatuto do Encarcerado. Se você lê aquilo, você pensa em ser bandido, porque o documento busca garantir diversas vantagens ao presidiário, tais como o direito de visitar familiares doentes e a uma cela individual”, afirmou.

Informações: Correio do Povo

FOLHA BRASIL
Inscreva-se no nosso canal do Youtube!

Veja Também

Pará deve sediar centro integrado de Segurança da região Norte

Pará deve sediar centro integrado de Segurança da região Norte "É preciso que cada um cumpra com a sua obrigação, que tenhamos pulso forte e que se trabalhe muito para que possamos devolver a paz para a população paraense. Tivemos audiência hoje com o Presidente da República, Michel Temer, o Ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, e deputados federais do Pará onde ficou decidido que o Centro Integrado de Comando e Controle da Região Norte será instalado em Belém. É um espaço que integra todos os órgãos de segurança pública, federais e estaduais, com o objetivo de investigar e reduzir a onda de violência que tomou conta da nossa região, do nosso estado e da região metropolitana da nossa capital Belém", disse Helder Barbalho. Por Gleyson Araujo SAIBA MAIS NO LINK: www.tvcidadesbt.com.br/2018/04/para-deve-sediar-centro-integrado-de.html

Publicado por TV Cidade SBT em Sexta, 13 de abril de 2018
Acidentes (733) Altamira (1030) Anapu (57) Belo Monte (227) Belo Sun (14) Brasil (1866) Brasil Novo (668) Celebridades (95) Ciência (192) Cinema (74) Clima e Tempo (51) Curiosidades (983) Desaparecidos (13) Eleições (263) Esporte (76) Governo Federal (369) Ibama (60) Imprensa (115) Internet (415) Itaituba (185) Justiça (716) Marabá (43) Medicilândia (199) Mundo (860) Música (132) Norte Energia (188) Novo Repartimento (28) Pacajá (47) Pará (921) Placas (45) Polícia (2230) Política (1289) Porto de Moz (27) Religião (565) Rurópolis (71) Santarém (218) SBT (302) Souzel (38) Tecnologia (251) Televisão (372) Transamazônica (369) Tucuruí (53) Uruará (322) Vitória do Xingu (138)

Postagem em destaque

Helder lidera em nova pesquisa para governador do Estado

Helder Barbalho (PMDB) lidera na nova pesquisa sobre a preferência do eleitorado paraense nas eleições deste ano ao governo do Estado. Na in...