Belo Monte inicia operação do Sistema de Transposição de Peixes no Rio Xingu

segunda-feira, fevereiro 15, 2016

A Usina Hidrelétrica Belo Monte já opera o Sistema de Transposição de Peixes (STP), que propicia o fluxo das espécies migradoras ao longo do Rio Xingu. A operação ocorre desde o dia 03/02 com a abertura das comportas do Sistema, o que permite que os peixes prossigam suas rotas de migração rio acima da barragem do empreendimento.

A correnteza formada pelo STP atrai os peixes, permitindo a passagem por caminho alternativo à barragem construída no sítio Pimental. Dessa forma, é restabelecida a rota entre a Volta Grande do Xingu e a parte acima do barramento do rio. Ao longo da operação do Sistema, a movimentação e comportamento dos peixes na área estão sendo monitorados por técnicos coordenados pela Norte Energia, empresa responsável pela construção de Belo Monte.

O monitoramento é realizado por meio de câmaras e sensores que registrarão a passagem dos peixes, permitindo verificar a eficiência do sistema de transposição e realizar os ajustes necessários. O objetivo é aperfeiçoar a operação e obter dados sobre os hábitos das espécies migradoras da região.

O STP é uma das obras que constam no Projeto Básico Ambiental (PBA) de Belo Monte para conservar a vida aquática no rio Xingu. Esse tipo de sistema já é utilizado em outros empreendimentos hidrelétricos, como a Usina de Santo Antônio, no Rio Madeira, em Rondônia. O Sistema está localizado à esquerda da Casa de Força Complementar de Belo Monte, no Sítio Pimental.


Como funciona o STP

Com 1.200 metros de comprimento, o Sistema é composto por comportas e um canal com áreas e caminhos com anteparos que proporcionam áreas de baixa velocidade das águas e possibilitam o descanso dos peixes. O mecanismo cria correntezas artificiais, controladas pelo ajuste da abertura de comportas, com o objetivo de atrair os animais para que adentrem e subam o canal de transposição. O objetivo é não interromper as rotas de migração ao longo do Rio Xingu, após a construção da Barragem em Pimental.

O Sistema de Transposição de Peixes integra o Programa de Conservação da Ictiofauna do PBA de Belo Monte, que inclui ainda os projetos de Monitoramento da Ictiofauna; de Investigação Taxonômica; de Incentivo a Pesca Sustentável; de Aquicultura de Peixes Ornamentais; e de Monitoramento de Mecanismo de Transposição; de Resgate e Salvamento da Ictiofauna.

Belo Monte está sendo construída no Rio Xingu, no Pará, desde 2011. A usina terá potência instalada de 11.233,1 MW quando estiver em plena operação, em 2019, e beneficiará 60 milhões de pessoas em 17 Estados brasileiros.

Norte Energia

Destaque

Inscreva-se no nosso canal do Youtube!

Veja Também

Acidentes (668) Altamira (967) Anapu (48) Belo Monte (221) Belo Sun (13) Brasil (1693) Brasil Novo (636) Celebridades (83) Ciência (180) Cinema (69) Clima e Tempo (40) Curiosidades (791) Desaparecidos (10) Eleições (186) Esporte (72) Governo Federal (320) Ibama (56) Imprensa (110) Internet (351) Itaituba (168) Justiça (639) Marabá (38) Medicilândia (163) Mundo (785) Música (126) Norte Energia (186) Novo Repartimento (23) Pacajá (39) Pará (798) Placas (44) Polícia (2039) Política (1074) Porto de Moz (25) Religião (536) Rurópolis (70) Santarém (204) SBT (293) Souzel (35) Tecnologia (220) Televisão (352) Transamazônica (345) Tucuruí (40) Uruará (296) Vitória do Xingu (125)