Índio Kayapó rasga liminar que o obriga a desobstruir a BR-163

segunda-feira, fevereiro 29, 2016

A liminar, entregue para os indígenas e colonos, que ocupam um trecho da BR-163, próximo a Novo Progresso, no sudeste do PA, foi rasgada por um indígena da etnia Kayapó nesta quinta-feira (25). A rodovia, que estava bloqueada desde o dia 14 de fevereiro, foi liberada nesta tarde de acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Os indígenas pediam a conclusão da nova Casa de Saúde indígena da aldeia e também a presença de um representante da Funai, uma vez que não há um profissional da instituição no local.

Segundo o documento, entregue aos indígenas e colonos que ocupam a via, o pedido era pela desobstrução imediata do trecho localizado a 500 metros da BR-163.

A pena em caso de descumprimento era de R$ 1.000 por hora, sendo a responsabilidade do líder Kayapó, Paiakan e do representante dos colonos do assentamento Terra Nossa, Raimundo Cardoso, que foram os intimados com a liminar.

G1
Inscreva-se no nosso canal do Youtube!

Destaque

Veja Também

Acidentes (649) Altamira (948) Anapu (47) Belo Monte (220) Belo Sun (13) Brasil (1660) Brasil Novo (630) Celebridades (76) Ciência (177) Cinema (67) Clima e Tempo (40) Curiosidades (753) Desaparecidos (10) Eleições (175) Esporte (72) Governo Federal (306) Ibama (56) Imprensa (107) Internet (341) Itaituba (163) Justiça (620) Marabá (37) Medicilândia (160) Mundo (764) Música (124) Norte Energia (185) Novo Repartimento (23) Pacajá (38) Pará (772) Placas (43) Polícia (2004) Política (1030) Porto de Moz (25) Religião (527) Rurópolis (67) Santarém (200) SBT (290) Souzel (35) Tecnologia (214) Televisão (344) Transamazônica (342) Tucuruí (38) Uruará (290) Vitória do Xingu (123)