Desespero da defesa de Lula e do governo contra decisão de Gilmar Mendes só confirma que ministro tem razão

segunda-feira, março 21, 2016
Eles temem que ex-presidente seja preso a qualquer momento a mando de Sérgio Moro


O pavor de que Lula fosse preso já na manhã desta segunda-feira pela Operação Lava Jato fez com que o governo de Dilma Rousseff e a defesa do ex-presidente tomassem providências ainda em pleno domingo contra a decisão de Gilmar Mendes de suspender sua nomeação como ministro e de devolver a apreciação do seu caso ao juiz Sérgio Moro.

Diz o site de VEJA:
“O advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, pediu novamente neste domingo ao ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), que garanta por medida liminar a nomeação do petista para cargo de ministro-chefe da Casa Civil. O requerimento, semelhante ao que foi apresentado ontem, tem por objetivo suspender o andamento de todos os processos e decisões judiciais contra a posse de Lula até um pronunciamento definitivo da corte.

Uma das preocupações do governo é que, antes disso, Lula seja alvo de uma ação do juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato na primeira instância.

Em nota divulgada neste domingo, a defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva contestou a competência do ministro do Gilmar Mendes, do STF, para devolver o caso do petista à alçada do juiz Sergio Moro, da primeira instância da Justiça Federal. Em petição apresentada neste sábado à corte, conforme o comunicado, os advogados Roberto Teixeira e Cristiano Zanin Martins pedem ao ministro Zavascki que ‘reafirme sua competência’ para analisar o processo remetido ao Supremo por Moro.”

O desespero do governo e da defesa de Lula para evitar que o ex-presidente seja preso apenas confirma que Mendes tinha razão ao apontar o desvio de finalidade de sua nomeação.

Teori, como relator da Lava Jato no STF, sabe muito bem quais são os crimes de que Lula é acusado, como foi sua atuação para obstruir a Justiça e o risco que sua liberdade representa para o andamento das investigações e o funcionamento das instituições brasileiras.

Se acatar o mimimi lulista (e não impedir manobra de Ricardo Lewandowski, amigo da família Lula, para conceder habeas), ficará marcado para sempre como o funcionário do século do PT.


Por Felipe Moura Brasil ⎯ http://veja.abril.com.br/blog/felipe-moura-brasil

Destaque

Inscreva-se no nosso canal do Youtube!

Veja Também

Acidentes (649) Altamira (951) Anapu (47) Belo Monte (220) Belo Sun (13) Brasil (1666) Brasil Novo (630) Celebridades (77) Ciência (177) Cinema (67) Clima e Tempo (40) Curiosidades (760) Desaparecidos (10) Eleições (178) Esporte (72) Governo Federal (310) Ibama (56) Imprensa (107) Internet (342) Itaituba (163) Justiça (624) Marabá (37) Medicilândia (160) Mundo (768) Música (125) Norte Energia (185) Novo Repartimento (23) Pacajá (38) Pará (776) Placas (43) Polícia (2006) Política (1038) Porto de Moz (25) Religião (529) Rurópolis (67) Santarém (201) SBT (290) Souzel (35) Tecnologia (215) Televisão (344) Transamazônica (342) Tucuruí (39) Uruará (291) Vitória do Xingu (123)