Polícia apreende armas usadas em assalto a banco

sábado, março 05, 2016
O Sistema Integrado de Segurança Pública concedeu, no início da noite desta sexta-feira, 4, entrevista coletiva na Delegacia-Geral, para apresentar os resultados da perseguição ao grupo criminoso que assaltou uma agência bancária em Moju, nordeste paraense. Seis assaltantes morreram após trocar tiros com policiais civis e militares.


(Foto: Antônio Melo/Diário do Pará)
Oito armas de fogo usadas pelos bandidos foram apreendidas. Um casal foi preso por envolvimento com a associação criminosa. Um malote com parte do dinheiro roubado foi recuperado. Toucas do tipo balaclava e dois coletes balísticos de empresas de vigilância privada foram apreendidos.

Presidida pelo coronel Hilton Benigno, secretário adjunto de Gestão Operacional da Secretaria de Segurança Pública e pelo delegado-geral, Rilmar Firmino, a entrevista coletiva contou com as presenças do coronel Sérgio Alonso, chefe de Departamento Geral de Operações da Polícia Militar; major Kleverson Firmino, comandante de Operações Especiais da PM; delegados André Costa e Evandro Araújo, da Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), e Silvio Maués, diretor de Polícia Especializada da Polícia Civil.



Durante a entrevista coletiva, foram apresentadas as armas apreendidas com os assaltantes. Foram duas pistolas de calibre ponto40 Taurus; uma carabina Micro Galil Magal ponto30; um fuzil calibre 762; uma submetralhadora INNA 9mm; uma metralhadora Famae .40 e uma escopeta calibre 12. Conforme o delegado-geral, o grupo criminoso é o mesmo que praticou assaltos a bancos em Concórdia do Pará e em Nova Esperança do Piriá, no início do ano.

O bando, explica Firmino, estava sendo investigado pela equipe da Delegacia de Repressão a Roubos a Bancos (DRRB), da DRCO. Ele detalha que a equipe policial já estava no Baixo-Tocantins, onde havia informações de que um assalto a banco poderia ocorrer na região. Por isso, já havia reforços das Polícias Civil e Militar, por meio de grupamentos táticos, como o GTO e o Comando de Operações Especiais (COE).


Segundo o major Kleverson Firmino, os cinco assaltantes que morreram eram paraenses. Ele detalha que o resultado da operação foi decorrente da pronta resposta das Polícias Civil e Militar, que fecharam o cerco ao grupo criminoso já na saída da cidade, após os criminosos abandonarem os reféns na fuga. "O levantamento feito pela equipe da DRCO fez quebrar o planejamento dos assaltantes durante a fuga", detalha.

O delegado André Costa salienta que a principal característica dos grupos de criminosos que agem na modalidade conhecida como "novo cangaço" ou "vapor" é a imprevisibilidade da ação. Mesmo assim, nas ações criminosas registradas recentemente, bandidos que vieram ao Pará praticar roubos a banco foram mortos ao reagir a tiros à ação policial. Segundo o delegado Evandro Araújo, ao todo, sete homens participaram diretamente do assalto em Moju. Outros dois permanecem em fuga na mata.


Durante as investigações, foram presos o casal Paulo Wellington Cavalcante Pereira e Kátia Regina da Silva Oliveira, envolvidos no apoio ao grupo criminoso. "Ela ficaria responsável em fornecer a alimentação aos assaltantes dentro da mata, onde eles iriam ficar escondidos", explica o policial civil. Um dos assaltantes mortos é Enivaldo Batista Ferreira, de apelidos "Nini", "Garnisé".

Ao todo, sete homens invadiram a tiros o banco e estouraram caixas eletrônicos saqueando quantias em dinheiro. Na fuga, fizeram várias pessoas de "escudo-humano" em frente ao banco e levaram reféns em dois veículos. Após a liberação dos reféns na estrada, houve troca de tiros com policiais civis e militares após a saída da cidade. As buscas contam com apoio do helicóptero do Grupamento Aéreo de Segurança Pública (GRAESP).

(Polícia Civil)

Destaque

Inscreva-se no nosso canal do Youtube!

Veja Também

Acidentes (651) Altamira (953) Anapu (47) Belo Monte (220) Belo Sun (13) Brasil (1669) Brasil Novo (630) Celebridades (79) Ciência (177) Cinema (67) Clima e Tempo (40) Curiosidades (763) Desaparecidos (10) Eleições (178) Esporte (72) Governo Federal (311) Ibama (56) Imprensa (108) Internet (342) Itaituba (164) Justiça (624) Marabá (37) Medicilândia (160) Mundo (769) Música (126) Norte Energia (185) Novo Repartimento (23) Pacajá (38) Pará (776) Placas (43) Polícia (2008) Política (1039) Porto de Moz (25) Religião (530) Rurópolis (67) Santarém (201) SBT (291) Souzel (35) Tecnologia (215) Televisão (345) Transamazônica (343) Tucuruí (39) Uruará (291) Vitória do Xingu (123)