Slideshow

Breaking News

PREFEITO DE URUARÁ TERÁ SEU PEDIDO DE AFASTAMENTO VOTADO PELA CÂMARA DE VEREADORES


Nesta sexta-feira 11, a Câmara Municipal de Vereadores de Uruará, deverá votar o Parecer da Comissão Processante que pede o afastamento do Prefeito de Uruará, Everton Vitória Moreira, por 90 dias. O pedido de afastamento do prefeito é sustentado pela denúncia de apropriação indébita de dinheiro descontado dos salários dos servidores público municipal (empréstimo consignado) que deveria ser repassado para a Caixa Econômica Federal.

A denúncia foi protocolada na Câmara na primeira Sessão Ordinária de 2016, no dia 19 de fevereiro, quando a Câmara acatou a denuncia e criou a Comissão Processante. Em pedido protocolado por um professor, na referida Sessão Ordinária, foi colocado para votação e aprovado a instauração de uma Comissão Processante para apurar a possível apropriação indébita de dinheiro descontado dos salários dos servidores públicos municipal.


A Comissão processante composta através de sorteio e formada por presidente, relator e membro e tinha entre 20 e 25 dias para apresentar o parecer final das investigações e decidir pelo prosseguimento ou não da denúncia, com a votação do pedido de afastamento do prefeito municipal de seu cargo.

Após 20 dias instaurada, a Comissão Processante, protocolou nesta quinta-feira, 10, o parecer indicando o afastamento do prefeito de seu cargo.

Agora os 13 vereadores do município, decidirão se o prefeito será afastado por 90 dias, período em que outras investigações deverão acontecer.