Temer resiste a pressão e mantém decisão sobre desembarque na semana que vem

quarta-feira, março 23, 2016
Temer: resiliente no desembarque
O vice-presidente Michel Temer resistiu a novos apelos da ala governista do PMDB na noite de terça-feira e manteve a reunião marcada para o dia 29 que vai decidir se o partido desembarca já do governo.

Temer foi procurado pelo senador Jader Barbalho (PA), pelo líder do partido na câmara, Leonardo Picciani (RJ) e pelos ministros Hélder Barbalho (Portos) e Henrique Alves (Turismo), que fizeram apelos pelo adiamento em nome da união do partido.

Temer consultou um grupo de deputados no Jaburu, mas a maioria opinou pela manutenção da reunião, sob pena de o partido se desmoralizar. Os oposicionistas argumentaram que vários partidos da base já estão abandonando Dilma Rousseff.

Temer disse aos governistas que vinha dando prazo ao governo, mas Dilma atropelou a decisão do PMDB de não aceitar novos cargos ao nomear Mauro Lopes para a Aviação, o que precipitou a decisão sobre o rompimento definitivo.

Por: Vera Magalhães VEJA

Destaque

Inscreva-se no nosso canal do Youtube!

Veja Também

Acidentes (651) Altamira (953) Anapu (47) Belo Monte (220) Belo Sun (13) Brasil (1669) Brasil Novo (630) Celebridades (79) Ciência (177) Cinema (67) Clima e Tempo (40) Curiosidades (763) Desaparecidos (10) Eleições (178) Esporte (72) Governo Federal (311) Ibama (56) Imprensa (108) Internet (342) Itaituba (164) Justiça (624) Marabá (37) Medicilândia (160) Mundo (769) Música (126) Norte Energia (185) Novo Repartimento (23) Pacajá (38) Pará (776) Placas (43) Polícia (2008) Política (1039) Porto de Moz (25) Religião (530) Rurópolis (67) Santarém (201) SBT (291) Souzel (35) Tecnologia (215) Televisão (345) Transamazônica (343) Tucuruí (39) Uruará (291) Vitória do Xingu (123)