Slideshow

Breaking News

Criança morre carbonizada em incêndio em Castanhal

O incêndio começou na noite de segunda-feira (11), mas a perícia foi realizada no local apenas na manhã desta quarta-feira (13). (Foto: Tiago Silva/Diário do Pará)
O Corpo de Bombeiros realizou na manhã desta quarta-feira (13) a perícia de uma casa do município de Castanhal que foi atingida por um Incêndio na virada da noite de segunda-feira (11) para terça-feira (12). Na ocasião, um menino de 11 anos morreu, vítima das chamas.

A criança possuía deficiências motoras e cognitivas, não conseguindo se locomover sem auxílio de terceiros, e morava com a mãe em uma casa da rua Juarez Salviano, no bairro Jardim das Acácias. Segundo vizinhos, a mãe do menino constumava deixá-lo em casa durante a noite para sair, e quando ele acordava antes dela voltar, chorava e gritava muito.

Na noite de segunda-feira, os vizinhos ouviram a criança gritar, mas acharam que ela apenas havia acordado sozinha novamente. Ao perceberem a fumaça e fogo no imóvel, as testemunhas invadiram a residência, mas a criança já estava morta.
A mãe jogou fora alguns móveis da casa isolada pelos bombeiros, o que pode prejudicar a perícia. (Foto: Tiago Silva/Diário do Pará)
Ainda não há confirmação de como o fogo iniciou, mas a suspeita dos bombeiro é que um curto circuito no ventilador, que acabou atingindo o colchão em que a criança dormia.

Os bombeiros ainda afirmam que a perícia pode ser prejudicada porque, mesmo com a casa isolada após o incêndio, a mãe do menino entrou no local e jogou fora a cama, uma geladeira e um ventilador em um terreno ao lado da residência, ficando expostos a chuva, o que dificulta a verificação dos mesmos pelos bombeiros.

(DOL com informações de Tiago Silva/Diário do Pará)

Nenhum comentário