Marco Feliciano consegue assinaturas para CPI da UNE

sexta-feira, abril 29, 2016
Deputado do PSC ameaçou entidade nas redes sociais e diz que quer investigar repasses de verba pública
O deputado Marco Feliciano (PSC-SP) (Foto: Alexandra Martins / Câmara dos Deputados)
O deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP) conseguiu 216 assinaturas de colegas para abrir a CPI da UNE, a União Nacional dos Estudantes. O pedido de abertura da CPI foi protocolado na tarde de quinta-feira, dia 28.

A comissão vai investigar a destinação de verba pública à UNE. Nenhum parlamentar do PT, do PCdoB e do PSOL assinou o requerimento. O deputado Miro Teixeira (RJ) foi o único representante da Rede que subscreveu o pedido de CPI.

Feliciano lista seis pontos a serem investigados. Entre eles, os R$ 44,6 milhões recebidos pela entidade como reparação da perseguição sofrida durante da ditadura militar.

A briga entre o deputado e a UNE começou ainda durante comissão de impeachment na Câmara, no início do mês, quando Feliciano se disse agredido por estudantes. A UNE nega.

A discussão foi parar nas redes sociais - o deputado ameaçou: “me aguardem líderes da UNE”. Parlamentares do PCdoB tentaram dissuadir colegas de assinar o requerimento, sem sucesso.

Destaque

Inscreva-se no nosso canal do Youtube!

Veja Também

Acidentes (665) Altamira (964) Anapu (48) Belo Monte (221) Belo Sun (13) Brasil (1686) Brasil Novo (635) Celebridades (83) Ciência (180) Cinema (69) Clima e Tempo (40) Curiosidades (786) Desaparecidos (10) Eleições (183) Esporte (72) Governo Federal (319) Ibama (56) Imprensa (110) Internet (349) Itaituba (168) Justiça (633) Marabá (37) Medicilândia (163) Mundo (783) Música (126) Norte Energia (186) Novo Repartimento (23) Pacajá (39) Pará (797) Placas (44) Polícia (2032) Política (1067) Porto de Moz (25) Religião (536) Rurópolis (69) Santarém (203) SBT (293) Souzel (35) Tecnologia (218) Televisão (352) Transamazônica (345) Tucuruí (40) Uruará (296) Vitória do Xingu (124)