Slideshow

Breaking News

Força Nacional vai continuar na Terra Indígena Apyterewa


O Ministério da Justiça e Cidadania autorizou hoje (25) o envio de tropas da Força Nacional para apoiar ações de segurança no Maranhão, Ceará e Pará. As portarias foram publicadas noDiário Oficial da União.

No Pará, a permanência da Força Nacional foi prorrogada por mais 15 dias para garantir a segurança na conclusão do processo de retirada de não-índios da Terra Indígena Apyterewa, do povo Parakanã. A ação é coordenada entre Fundação Nacional do Índio e as polícias Federal e Rodoviária Federal.

A desintrusão da terra, localizada no município de São Félix do Xingu, começou em 12 de janeiro. A região faz parte do complexo de terras indígenas afetadas pela Usina Hidrelétrica de Belo Monte e sua regularização fundiária, incluindo a retirada dos ocupantes não indígenas, é uma das condições do processo de licenciamento ambiental para realização da obra.

Coordenada pela Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça e Cidadania, a Força Nacional é um programa de cooperação federativa de reforço à segurança pública em qualquer ponto do país, com apoio de efetivo dos 26 estados e do Distrito Federal. Ela é formada por profissionais das polícias militares, polícias civis, corpos de bombeiros e órgãos de perícia forense.

A Força Nacional desenvolve atualmente 37 operações de apoio à segurança pública em 13 estados e no Distrito Federal. São operações como intensificação de policiamento, investigações e perícia em áreas críticas, combate ao desmatamento na Amazônia, reforço ao patrulhamento na fronteira e ações de guarda-vidas e defesa civil.

O Xingu

Nenhum comentário