Polícias Civil e Militar prendem quatro pessoas acusadas de crime ambiental em Porto de Moz

terça-feira, maio 17, 2016

As Polícias Civil e Militar de Porto de Moz, no Baixo Amazonas, prenderam em flagrante Raimundo Cleto Calado, José Maria Baleiro Xavier, José Luiz Baleiro Xavier e Claudio Ferreira Pacheco, por crime ambiental. Eles são acusados de realizar extração de madeira ilegalmente na Unidade de Conservação "Para sempre verde", localizada às margens do Rio Jauruçu, fiscalizada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

Eles haviam cortado diversas árvores da espécie Itaúba e Cedro-Una, e destruído a floresta nativa para a exploração ilegal de madeiras. Ao todo foram apreendidos facões, machados, cabos de aço, um caminhão madeireiro F6000, quatro motoserras e uma motocicleta Honda. A operação foi comandada pelo delegado Mhoab Khayan e contou com a participação do investigador Robinson, do sargento Ribeiro e do cabo Cardoso, da Polícia Militar e dos analistas florestais do ICMBio.

Destaque

Inscreva-se no nosso canal do Youtube!

Veja Também

Acidentes (668) Altamira (967) Anapu (48) Belo Monte (221) Belo Sun (13) Brasil (1693) Brasil Novo (636) Celebridades (83) Ciência (180) Cinema (69) Clima e Tempo (40) Curiosidades (791) Desaparecidos (10) Eleições (186) Esporte (72) Governo Federal (320) Ibama (56) Imprensa (110) Internet (351) Itaituba (168) Justiça (639) Marabá (38) Medicilândia (163) Mundo (785) Música (126) Norte Energia (186) Novo Repartimento (23) Pacajá (39) Pará (798) Placas (44) Polícia (2039) Política (1074) Porto de Moz (25) Religião (536) Rurópolis (70) Santarém (204) SBT (293) Souzel (35) Tecnologia (220) Televisão (352) Transamazônica (345) Tucuruí (40) Uruará (296) Vitória do Xingu (125)