Slideshow

Breaking News

Dias Toffoli manda soltar Paulo Bernardo



O Ministro do STF Dias Toffoli mandou a justiça de São Paulo soltar o ex-ministro Paulo Bernardo, marido de Gleisi Hoffmann, preso durante a Operação Custo Brasil e determinou que sejam adotadas medidas cautelares no lugar da prisão. Toffoli concedeu a liminar revogando a prisão preventiva de Paulo Bernardo, alegando ter havido “constrangimento ilegal” em sua detenção.



A senadora Gleisi Hoffmann agradeceu a decisão do ex-advogado do PT (Toffoli) e comemorou a soltura do marido durante a comissão especial do impeachment.

“Isso é fundamental par mim, para nós. Não tinha base nenhuma para essa prisão acontecer” declarou a senadora nesta quarta-feira, 29, após a decisão.

Fonte: Imprensa Viva

Nenhum comentário