Slideshow

Breaking News

Prefeito de Vitória do Xingu é condenado a 8 anos de prisão


Com votação unânime realizada nesta segunda-feira (27), a Câmara Criminal do TJ – Pará, julgou e condenou, a 8 anos e 8 meses de prisão, o prefeito Erivando Oliveira do Amaral (PSB), de Vitória do Xingu, oeste do estado.

A decisão de hoje é referente ao processo instaurado em 2003, que acusa o prefeito de improbidade administrativa e falsificação documental, na época em que era presidente da Câmara de Vereadores do Município. Segundo denúncias, Vando fraudou assinaturas e arquitetou viagens que nunca existiram, fato que ficou confirmado após a apresentação de documentos comprobatórios e acareações da justiça paraense.

Com a decisão, Erivando Amaral ainda pode recorrer ao Supremo Tribunal de Justiça – STJ, porém fora do cargo por determinação da justiça paraense, segundo a sentença o afastamento é para que o réu não venha cometer mais práticas criminosas.

TRECHO DA DECISÃO
“Narra a exordial acusatória, que a Vereadora Maria das Neves Azevedo dos Santos, solicitou a prestação de contas do denunciado ERIVANDO OLIVEIRA AMARAL, que era presidente da Câmara Municipal de Vitória do Xingu, referente ao exercício de 2001, haja vista que o mesmo se recusava a apresentá-la em plenário. A vereadora supracitada foi surpreendida ao ver que na prestação de contas constava a concessão de 06 (seis) diárias para Belém, no valor de R$ 900,00 (novecentos reais), afirma nunca ter recebido, assinado e viajado, alegando que a sua assinatura constante às 40 fora falsificada” relata a decisão.

NOTA:
O prefeito informou que sua defesa vai recorrer da decisão no Supremo, e classificou a condenação como perseguição política, ele ainda afirmou que aguarda com tranquilidade a notificação da justiça.


Portal do Xingu com informações de Felype Adms

Nenhum comentário