Prefeitura entrega Camelodromo para trabalhadores ambulantes em Altamira

quinta-feira, junho 30, 2016


Depois da ação que desobstruiu as calçadas das ruas do comércio da cidade de Altamira, no sudoeste do estado do Pará, no ano passado, os trabalhadores da economia informal revoltados deixaram o espaço livre para os pedestres garantindo o direito de ir e vir. A ação gerou muita polêmica, prato degustado com todo prazer pela oposição. A prefeitura garantiu o pagamento de um salário para os camelos que eram cadastrados pela Associação durante o período que ficaram sem o trabalho.



Mas a ação já tinha um projeto para construção de um espaço digno para os trabalhadores, o prefeito Domingos Juvenil apresentou para a Associação dos camelôs o projeto do shopping popular, conhecido como camelódromo, e garantiu que dentro de um ano a obra estaria sendo entregue. O fato foi consumado em apenas oito meses de construção, uma obra moderna, confortável e um espaço digno de trabalho e de receptividade às pessoas que vão frequentar o espaço atrás de fazer suas compras. Além de um local mais higiênico onde poderão expor suas mercadorias, principalmente a parte de alimentação.



Na noite desta quarta-feira (29) de junho o gestor municipal entregou a obra, 90 boxes aos trabalhadores que foram retirados das calçadas e que foram cadastrados pela Associação dos Camelôs. O espaço também conta com uma praça de alimentação. Milhares de pessoas compareceram para conhecer o investimento e o novo espaço de compras dos altamirenses. Na ocasião o prefeito Domingos Juvenil lembrou da luta do ex presidente da Associação dos Camelôs, Luiz Nonato por um local adequado para os trabalhadores, Nonato disse que o que está acontecendo hoje é a realização de um sonho e de um compromisso firmado entre a atual gestão e a classe.



Para o atual presidente da Associação Elesbão Carvalho “o espaço é muito maravilhoso, bonito e bem estruturado, é a realização de um sonho que o prefeito Domingos Juvenil proporcionou aos trabalhadores da economia informal, ele prometeu e cumpriu dentro do prazo estabelecido, ele está de parabéns e quem ganha não é somente os camelôs, mas toda a população altamirense, esse é o único gestor que faz por Altamira e pela população, parabéns prefeito”, disse o presidente. Elesbão pediu desculpas aos comerciantes das ruas 7 de setembro, Djalma Dutra, 10 de novembro e demais ruas onde eram ocupadas as frentes das lojas pelos camelôs.


O local onde foi construído o shopping popular antes era um lixão urbano, próximo da feira municipal, no centro da cidade, “servia de criadouros de ratos, as aves de rapina usavam o local para fazer a sua alimentação dos dejetos que eram ali despejados, esse local fétido deu lugar a um belo espaço de frequentação pública, um espaço de negócios, disse o prefeito”.



O shopping popular recebeu o nome do empresário José Góes, dono do pátio do Góes como é conhecido, ele foi homenageado com o nome do camelódromo devido a sua contribuição com os trabalhadores da economia informal, Góes cedia o espaço da frente do seu armazém espaço chamado de pátio do Góes para que os camelôs colocassem ali seus negócios em busca da sobrevivência e do sustento de suas famílias, ele não cobrava nada pela ocupação do espaço, isso por muitas décadas. José Góes esteve presente na inauguração acompanhado de seus filhos e nora, ele ficou muito honrado com a homenagem e agradeceu ao gestor municipal.

Fatos Regionais

Destaque

Inscreva-se no nosso canal do Youtube!

Veja Também

Acidentes (678) Altamira (988) Anapu (48) Belo Monte (222) Belo Sun (13) Brasil (1738) Brasil Novo (640) Celebridades (85) Ciência (183) Cinema (70) Clima e Tempo (41) Curiosidades (830) Desaparecidos (11) Eleições (200) Esporte (73) Governo Federal (332) Ibama (57) Imprensa (112) Internet (370) Itaituba (171) Justiça (656) Marabá (39) Medicilândia (165) Mundo (802) Música (128) Norte Energia (186) Novo Repartimento (23) Pacajá (40) Pará (824) Placas (44) Polícia (2078) Política (1125) Porto de Moz (25) Religião (541) Rurópolis (70) Santarém (209) SBT (295) Souzel (35) Tecnologia (227) Televisão (358) Transamazônica (349) Tucuruí (45) Uruará (299) Vitória do Xingu (126)