Slideshow

Breaking News

Temer revoga decreto de Dilma e restitui poder às Forças Armadas

Presidente interino devolveu as funções administrativas dos comandantes da Marinha, Exército e Aeronáutica
O presidente da República em exercício, Michel Temer, assinou decreto que devolve poderes administrativos às Forças Armadas (Adriano Machado/Reuters)
O presidente da República em exercício, Michel Temer, assinou nesta sexta-feira um decreto que devolve funções administrativas aos comandantes da Marinha, Exército e Aeronáutica, como transferir para a reserva oficiais, promover agentes a cargos superiores e indicar capelães militares. Conforme havia sido noticiado pelo Radar On-line, a medida revoga o decreto assinado pela presidente afastada Dilma Rousseff, em setembro de 2015, que retirava dos militares a competência para atos relacionados à instituição e os delegava ao então ministro da Defesa, Jacques Wagner.

Na época, Dilma formalizou o decreto sem consultar as três Forças Armadas, que receberam a notícia com reserva e incompreensão, criando desconforto entre o Planalto e os militares. Com a revogação, Temer busca se aproximar de setores que se desentenderam com Dilma.

Em cerimônia fechada com representantes da cúpula militar, o presidente interino aproveitou a ocasião para dizer que é preciso "democratizar o Brasil". "Precisamos democratizar e reconstitucionalizar o país", afirmou. Além dos comandantes das Forças Armadas, os ministros da Defesa, Raul Jungmann, e da Justiça, Alexandre de Moraes, também participaram da cerimônia no gabinete presidencial.


VEJA

Nenhum comentário