FILME DO "PORTA DOS FUNDOS" É RETIRADO DE CARTAS APÓS FRACASSO DE BILHETERIA.

segunda-feira, agosto 01, 2016
(Foto: Divulgação)
O filme "Porta dos Fundos Contrato Vitalício" foi um verdadeiro fracasso, o longa conseguiu 460 mil ingressos de acordo com o "Filme B", apesar de ser um número expressivo, a equipe esperava três ou quatro vezes mais da quantidade real.

O longa não conseguiu ficar um mês na telona por falta de espectadores, a previsão inicial era de dois meses, já fora de cartas a quase duas semanas, a equipe responsável pelo filme diz que espera mais de 1 milhão de espectadores.

A explicação do fracasso aponta a equipe, foram as animações americanas que atraíram milhares de espectadores e Carrossel 2.

Todos nos sabemos que para um fracasso ou um sucesso de um filme não se bota culpa na sua concorrência e sim no seu conteúdo.

Inscreva-se no nosso canal do Youtube!

Veja Também

STAND-UP - ELIEZIO E JUNIOR LORENZONI FALAM SOBRE MUDANÇA NO COMANDO DA SECRETARIA DE SAUDE DE BRASIL NOVO

STAND-UP - ELIEZIO E JUNIOR LORENZONI FALAM SOBRE MUDANÇA NO COMANDO DA SECRETARIA DE SAUDE DE BRASIL NOVO

Publicado por TV Cidade SBT em Sábado, 21 de abril de 2018
Acidentes (733) Altamira (1030) Anapu (57) Belo Monte (227) Belo Sun (14) Brasil (1869) Brasil Novo (669) Celebridades (95) Ciência (194) Cinema (74) Clima e Tempo (51) Curiosidades (990) Desaparecidos (13) Eleições (265) Esporte (76) Governo Federal (369) Ibama (60) Imprensa (115) Internet (416) Itaituba (185) Justiça (720) Marabá (43) Medicilândia (199) Mundo (863) Música (132) Norte Energia (188) Novo Repartimento (28) Pacajá (47) Pará (925) Placas (45) Polícia (2232) Política (1293) Porto de Moz (27) Religião (565) Rurópolis (71) Santarém (218) SBT (302) Souzel (38) Tecnologia (251) Televisão (373) Transamazônica (369) Tucuruí (53) Uruará (322) Vitória do Xingu (138)

Postagem em destaque

Helder lidera em nova pesquisa para governador do Estado

Helder Barbalho (PMDB) lidera na nova pesquisa sobre a preferência do eleitorado paraense nas eleições deste ano ao governo do Estado. Na in...