Slideshow

Breaking News

Pastor é detido por barulho em igreja

(Foto: Reprodução)
O pastor Cosmo Thiago Ferreira, de 36 anos, comentou sobre a prisão ocorrida no último dia 26 de julho, na Igreja Unidos da Fé, no bairro Vila Silvia Regina, em Campo Grande (MS). Os vizinhos se incomodaram com o som alto e acionaram a Polícia, alegando perturbação do sossego.

Em reportagem publicada na segunda-feira (1º) pelo Campo Grande News, o pastor afirmou que existe perseguição contra a fé que empolga.

De acordo com ele, foi apenas um vizinho que reclamou, já que outros como o que mora em cima da igreja ou os que moram do outro lado da rua não se incomodam.

Durante o culto quando ocorreu a detenção, o pastor contou que seis policiais chegaram dando ordem de prisão. Cosmo disse ainda que negou que tenha se recusado a diminuir o volume e desacatado os policiais, conforme consta no boletim de ocorrência.

Duas fiéis também foram detidas, segundo o pastor, por filmarem a situação.

Ele garante que toma cuidado para evitar incômodos, e não vê motivos para tanta desavença. “Não falamos em pensamento como em outras religiões, nós conversamos, não contemos a emoção e como são várias pessoas, acabam entendendo como gritaria”, explicou ele à reportagem do Campo Grande sobre o barulho apontado.


DOL (Com informações do Campo Grande News)

Nenhum comentário