Jair Bolsonaro mostra favoritismo eleitoral e é recebido por uma multidão no Recife

sábado, novembro 12, 2016
Faltando quase dois anos para as eleições de 2018, o deputado e futuro candidato à presidência, teve um dia de celebridade no aeroporto
Jair foi recebido por uma multidão (Foto: Leo Motta/Folha de Pernambuco) 
Um dia após ser absolvido pelo Conselho de Ética em um processo de cassação por ter homenageado Brilhante Usttra, Jair Bolsonaro viajou para o nordeste, mais precisamente para o Recife, onde foi recebido por uma multidão de admiradores no aeroporto.

Quem passava pelo local, acreditava se tratar de alguma celebridade que estaria chegando ao Aeroporto Internacional do Recife, devido a aglomeração de uma multidão, mas era o deputado federal, Jair Boslonaro. Tirando fotos, sorrindo e sendo ovacionado pelas pessoas, Jair seguiu para um evento que transmitiu, ao vivo, pelo Facebook.

Jair Bolsonaro permanece no estado pernambucano até o próximo domingo, 13. O mesmo já garantiu presença em um encontro anual de militares da Academia Militar das Agulhas Negras, que se realizará na bela e paradisíaca cidade de Porto de Galinhas.

Uma semana de comemorações

Na manhã dessa quarta-feira, 9, todos tiveram conhecimento de quem será o novo presidente dos Estados Unidos: Donald Trump. O candidato republicano, amado por uns, odiado por outros, também tem simpatizantes no Brasil e Jair Bolsonaro é um deles. Muitos dos seguidores de Jair passaram a ‘apoiar’ Trump, por conta do posicionamento do parlamentar. Logo após vitória, o deputado fez uma publicação na internet para parabenizar o americano e dizer que estava feliz com o resultado, salientando que em 2018, era a vez do Brasil, em referência à sua candidatura.

Horas depois, Jair pôde se livrar de um processo que corria na Câmara dos Deputados e que podia levar a sua cassação. Se trata da polêmica criada em torno do mesmo ter homenageado Brilhante Ustra, durante seu voto a favor do impeachment. Na ocasião, outras pessoas homenagearam guerrilheiros históricos, como Lamarca e Marighella.

Por 9 votos a favor e apenas um contra, o processo foi arquivado e o deputado pôde respirar aliviado. O resultado gerou comoção de seus admiradores, que comemoraram a decisão na Câmara.

Caso do Cuspe

No mesmo dia em que votou pelo impeachment de Dilma Rousseff, o deputado foi alvo de uma cuspida do também deputado Jean Wyllys. Por conta disso, seis representações contra o parlamentar do PSOL foram protocoladas e o mesmo passa por um processo por quebra de decoro parlamentar.

Nessa quarta-feira, 9, Jean não compareceu para se defender no Conselho de Ética e seus defensores, Glauber Braga e Chico Alencar, acusaram o Jair de ser homofóbico com o parlamentar do PSOL, uma vez que, sabendo que ele é gay, disse ‘tchau, querida’, após o mesmo votar, e com isso, Jean teria apenas reagido com o cuspe para se defender. Wyllys pode ficar até 6 meses afastado do mandato, sem salário.

Destaque

Inscreva-se no nosso canal do Youtube!

Veja Também

Acidentes (649) Altamira (951) Anapu (47) Belo Monte (220) Belo Sun (13) Brasil (1667) Brasil Novo (630) Celebridades (78) Ciência (177) Cinema (67) Clima e Tempo (40) Curiosidades (762) Desaparecidos (10) Eleições (178) Esporte (72) Governo Federal (310) Ibama (56) Imprensa (108) Internet (342) Itaituba (164) Justiça (624) Marabá (37) Medicilândia (160) Mundo (769) Música (125) Norte Energia (185) Novo Repartimento (23) Pacajá (38) Pará (776) Placas (43) Polícia (2008) Política (1038) Porto de Moz (25) Religião (529) Rurópolis (67) Santarém (201) SBT (291) Souzel (35) Tecnologia (215) Televisão (345) Transamazônica (342) Tucuruí (39) Uruará (291) Vitória do Xingu (123)