Slideshow

Breaking News

Jovem morre durante tentativa assalto em Tucuruí-PA

Nadson das Mercês Camargo, 17 anos foi morto após assalto frustrado
Foto: Wellington Hugles
Por volta das 13:30, desta última sexta-feira, no centro da cidade, de Tucurui, no sudoeste do Pará, o meliante Nadson das Mercês Camargo, de 17 anos, na companhia de seu comparsa Jordan Benedito Brito das Mercês, tentaram realizar um assalto a uma mulher.

Segundo relatos da vítima, que não quis se identificar, ela trafegava com seu filho de 6 anos na motocicleta Biz, quando parou em frente a um salão de beleza na rua Acre, e foi surpreendida por dois elementos em uma motocicleta Fan de cor Preta, conduzida por Jordan Benedito Brito das Mercês e na garupa Nadson das Mercês Camargo, que estava armado com uma arma de fogo de fabricação caseira, conhecida como “garruncha”. Neste momento, Nadson tentou arrancar a força a bolsa da vítima, e a condutora da moto Biz puxou a bolsa e desiquilibrou da moto e caiu no chão com seu filho. A vítima tentou escapar dos meliantes, correndo com a criança, mas os meliantes chegaram a atirar contra a mulher e o tiro se desviou acertando apenas a porta de vidro de um estabelecimento comercial.


Assustados, os moradores e clientes dos comércios foram para a rua, e graças à ação imediata de um homem que estava armado no local, iniciou a defesa da vítima, disparando contra os meliantes. Na ação, Nadson ainda tentou contra a vida do homem, que atirou contra os meliantes. Nadson que estava na garupa da motocicleta, foi atingido de cheio próximo a cabeça, ambos caíram da moto, o condutor Jordan, foi baleado na perna, mas consegui se evadir do local.

Após o fato, centenas de populares lotaram o local do crime, mais uma cena ficou marcada no momento em que o pai da vítima que trabalha como mototaxista na cidade, se deparou com o corpo de seu filho, que aos prantos e gritos disse: “eu sabia que isso ia acontecer, pedia tanto para você meu filho, pedia tanto para parar com estas coisas erradas, para me ouvir e deixar de ser assim, infelizmente você se foi e me deixa a dor de sua perda”.


O fato foi registrado na Seccional de Tucuruí que solicitou a remoção do corpo ao IML da cidade.

Segundo o delegado plantonista Washington Oliveira, o homem que realizou os disparos se apresentou voluntariamente a Seccional, e esclareceu que interviu para coibir que a vítima fosse assaltada ou alvejada, e no momento do confronto com os meliantes, segundo o homem, eles também tentaram contra sua vida apontando a arma “garruncha” em sua direção. Segundo o delegado, não se trata de policial, e sim de um cível, que possui porte de arma, e todos os procedimentos foram realizados para apurar os fatos, mas como o homem baleou fatalmente um dos meliantes, será tombado inquérito policial, mais o réu responderá em liberdade por se tratar de legitima defesa.

O delegado pediu ainda à população passar as informações que levem ao paradeiro de Jordan Benedito Brito das Mercês, acionando a polícia imediatamente através do 190 ou 181, que suas informações serão preservadas.

Por WELLINGTON HUGLES

Nenhum comentário