JUSTIÇA DO PARÁ AFASTA NOVAMENTE O PREFEITO DE VITÓRIA DO XINGU ERIVANDO AMARAL

quarta-feira, novembro 23, 2016

O prefeito condenado do Município de Vitória do Xingu no Oeste do Pará Erivando Amaral (PSB), foi novamente afastado do cargo de prefeito pelo colegiado das Câmaras Criminais do Tribunal de Justiça do Estado do Pará.

Vando Amaral que foi condenado a oito anos e oito mês de prisão por falsificação de assinaturas de vereadores para obter diárias de R$ 800 (oito cento reais), e aguarda recurso do Superior Tribunal de Justiça.


Desta vez o prefeito foi afastado por colocar na prefeitura, 2036 (dois mil e trinta e seis) temporários. Ou seja, 70,68% dos servidores da Prefeitura são temporários, aproximadamente 21,39% da população do município trabalha na Prefeitura. Já para a população não sabe onde tem toda essa gente no município.

Para procurador e Coordenador do Núcleo de Combate e Improbidade à Corrupção Nelson Medrado, o prefeito faz é uma afronta a Constituição Brasileira em não realizar concurso público.

Para relatora do processo Desembargadora Maria Edwiges, a ação preenche todos pressupostos processuais e as condições de ação. O voto da magistrada foi pelo recebimento da denúncia e consequente afastamento cautelar de Erivando Amaral da municipalidade, tendo em vista o fato ele responder a outros processos, inclusive já ter sido condenado por estas Egrégias Câmaras, ressaltando-se que em outra oportunidade foi ele afastado por crimes da mesma natureza, levando-se ainda em consideração a grande possibilidade de numerário público que terá acesso neste fim de ano, até o final de seu mandato, será mais prudente e racional o seu afastamento para preservar, como dito acima, o bem público relatou a desembargadora.

Nelson Medrado estará finalizando uma grande investigação que começou em 2013 pelo Promotor de Justiça Gustavo Rodolfo e em 2014 com Nelson Medrado que veio em Vitória do Xingu e realizou busca e apreensão com autorização judicial. Nestes mês de novembro tem dois anos que iniciou a operação do MPE e com os relatórios produzidos pelo Tribunal de Contas dos Municípios e pelo Instituto de Criminalista do Pará "IML e falta agora disponibilizar para a sociedade e judiciário o relatório que foi produzido pelos órgãos. No dia 9 de dezembro é comemorado o dia internacional de Combate à Corrupção e conforme frisou o procurador em 2015 "a população de Vitória do Xingu pode espera que solução virá".

Já a chapa indicada pelo prefeito afastado de Vitória do Xingu Vando, esta sendo processada pelo o Ministério Público Eleitoral por corrupção eleitoral "compra de votos" além de abuso de poder político, uso da máquina pública em benefício da campanha de Caetano e Murilo.

Fonte: Amata

Destaque

Inscreva-se no nosso canal do Youtube!

Veja Também

Acidentes (649) Altamira (951) Anapu (47) Belo Monte (220) Belo Sun (13) Brasil (1667) Brasil Novo (630) Celebridades (77) Ciência (177) Cinema (67) Clima e Tempo (40) Curiosidades (761) Desaparecidos (10) Eleições (178) Esporte (72) Governo Federal (310) Ibama (56) Imprensa (107) Internet (342) Itaituba (164) Justiça (624) Marabá (37) Medicilândia (160) Mundo (769) Música (125) Norte Energia (185) Novo Repartimento (23) Pacajá (38) Pará (776) Placas (43) Polícia (2008) Política (1038) Porto de Moz (25) Religião (529) Rurópolis (67) Santarém (201) SBT (290) Souzel (35) Tecnologia (215) Televisão (344) Transamazônica (342) Tucuruí (39) Uruará (291) Vitória do Xingu (123)