Mulher invade casamento do amante vestida de noiva

quinta-feira, dezembro 01, 2016
Entenda os perigos de se envolver em um triângulo amoroso
Por Andre Batista / Imagem
No tão sonhado dia do “sim” a noiva viu outra mulher invadir a cerimônia de seu casamento também vestida de noiva, e com vestido semelhante ao dela, com luvas e véu.

A princípio, nem ela nem os convidados entenderam o que estava acontecendo. Até que a invasora roubou o microfone das mãos do mestre de cerimônias e começou o seu discurso. Logo tudo ficou evidente: a mulher era amante do noivo.

“Ele é um namorador, um conquistador de mulheres”, gritava ela, enquanto as vaias dos presentes explodiam.

Um dos convidados se propôs a levá-la para fora da cerimônia e teve muito trabalho até conseguir isso. Enquanto tudo acontecia, os noivos permaneciam em silêncio.

A cena foi gravada e o vídeo divulgado numa rede social – já teve mais de 80 mil compartilhamentos (veja o vídeo aqui). Não se sabe o nome dos noivos ou se o casamento foi levado adiante. Sabe-se, contudo, que esse não é o único homem comprometido que passa vergonha por causa da amante.

O que eles querem?

O número de casais infiéis é impressionante. Somente no Brasil, de acordo com pesquisa realizada pela Universidade de São Paulo (USP), 70,6% dos homens já traíram, enquanto 56,4% das mulheres assumiram já ter sido infiéis.

De acordo com o escritor Renato Cardoso, autor do livro “Casamento Blindado”, quando o relacionamento se estabiliza, algumas pessoas sentem-se presas à rotina. Nesse momento, a emoção de um caso extraconjugal parece interessante.

“Toda aquela adrenalina de encontros escondidos, de se sentirem adolescentes de novo, de uma fantasia sem nenhum compromisso com o futuro, tudo isso traz uma sensação muito gostosa. E todo esse conjunto cria uma intimidade muito forte entre os dois: o traidor e a amante”, explica Renato.

É por isso que os casais devem estar atentos para evitar a rotina e não perder a intimidade.

“O grande mito em que muitos maridos e esposas caem é: se você ama o seu cônjuge, você não se sentirá atraído por nenhuma outra pessoa”, explica Renato. “No mundo real a coisa é diferente. O ser humano é falho. A carne é fraca. Os olhos veem e cobiçam. A imaginação vai longe. O coração pede. Some-se a isso todo o bombardeio social e cultural promovendo incessantemente a infidelidade, o sexo indiscriminado, a mulher objeto, a imagem do homem pegador. Acrescente um pouquinho de pornografia e boas doses de falta de atenção no casamento.”

Todos esses fatores podem levar um relacionamento à ruína. Por isso é tão importante estar atento ao próprio relacionamento e comportamento. Aos primeiros sinais de afastamento, reascenda o romantismo de seu casamento por meio daqueles detalhes que se fazem tão importantes.

Já quando perceber que os olhares para outras pessoas estão se tornando impróprios, não confie em si mesmo. Afaste-se.

Caso você se encontre na outra ponta do triângulo amoroso, lembre-se de que mesmo sendo tratados com bastante afeto e recebendo presentes, a maioria dos infiéis enxerga os amantes como uma válvula de escape. Não caia nessa armadilha.

Fonte: Universal.org

Destaque

Inscreva-se no nosso canal do Youtube!

Veja Também

Acidentes (651) Altamira (953) Anapu (47) Belo Monte (220) Belo Sun (13) Brasil (1669) Brasil Novo (630) Celebridades (79) Ciência (177) Cinema (67) Clima e Tempo (40) Curiosidades (763) Desaparecidos (10) Eleições (178) Esporte (72) Governo Federal (311) Ibama (56) Imprensa (108) Internet (342) Itaituba (164) Justiça (624) Marabá (37) Medicilândia (160) Mundo (769) Música (126) Norte Energia (185) Novo Repartimento (23) Pacajá (38) Pará (776) Placas (43) Polícia (2008) Política (1039) Porto de Moz (25) Religião (530) Rurópolis (67) Santarém (201) SBT (291) Souzel (35) Tecnologia (215) Televisão (345) Transamazônica (343) Tucuruí (39) Uruará (291) Vitória do Xingu (123)