Pela primeira vez na história, uma mulher pilota o avião presidencial e as feministas se calam

terça-feira, dezembro 27, 2016


Não é preciso apoiar o governo Temer para avaliar como mais uma vez uma narrativa da extrema-esquerda vai para o saco.

Como anuncia o Facebook do Planalto, pela primeira vez na história, uma mulher pilotou o avião presidencial. “Eu me sinto muito honrada de estar cumprindo essa missão de transportar a maior autoridade que nós temos no País. Foi necessário muito preparo e dedicação para ter chegado até aqui”, disse a capitã Carla Borges. Clique aqui para ler mais.

O que me importa, neste momento, é avaliar mais uma instância de duplo padrão das “feministas de grelo duro” do PT. Nenhuma delas homenageou a capitã Carla Borges. Nem estou entrando no mérito da representação em si (até porque não ligo muito para essas coisas), mas é impossível deixar de reparar o comportamento seletivo mais uma vez.

A associação de grande parte das feministas com o petismo ajudou a demolir a reputação do movimento. É claro que elas não representam as mulheres coisíssima alguma.


Fonte: Ceticismo Politico

Destaque

Inscreva-se no nosso canal do Youtube!

Veja Também

Acidentes (649) Altamira (951) Anapu (47) Belo Monte (220) Belo Sun (13) Brasil (1666) Brasil Novo (630) Celebridades (77) Ciência (177) Cinema (67) Clima e Tempo (40) Curiosidades (760) Desaparecidos (10) Eleições (178) Esporte (72) Governo Federal (310) Ibama (56) Imprensa (107) Internet (342) Itaituba (163) Justiça (624) Marabá (37) Medicilândia (160) Mundo (768) Música (125) Norte Energia (185) Novo Repartimento (23) Pacajá (38) Pará (776) Placas (43) Polícia (2006) Política (1038) Porto de Moz (25) Religião (529) Rurópolis (67) Santarém (201) SBT (290) Souzel (35) Tecnologia (215) Televisão (344) Transamazônica (342) Tucuruí (39) Uruará (291) Vitória do Xingu (123)