Temer anuncia medidas para estimular a economia brasileira

sexta-feira, dezembro 16, 2016
Junto com ministros e representantes do Legislativo, presidente da República apresentou dez propostas para reverter o quadro de recessão e gerar empregos
Presidente fez o anúncio acompanhado por ministros e representantes do Legislativo
Foto: Beto Barata/PR
O presidente da República, Michel Temer, anunciou nesta quinta-feira (15) dez medidas para a reverter o quadro de recessão, gerar empregos e fazer a economia retomar o crescimento. Entre elas, estão propostas que vão diminuir a burocracia, aumentar a produtividade e gerar benefícios diretos para a população em geral.

As medidas anunciadas foram elaboradas pelos ministérios da Fazenda e da Previdência sob a supervisão do presidente da República. Entre as propostas anunciadas, está a simplificação e a desburocratização do pagamento de obrigações tributárias, trabalhistas e previdenciárias por empresas, de forma melhorar o ambiente de negócios no País.



No anúncio, Temer ressaltou que as dificuldades encontradas pelo governo estão sendo vencidas “paulatinamente”. “Nós vamos pregando cada vez mais a reunificação e a pacificação do país. Acho que a tese do crescimento, produtividade e desburocratização ajuda até neste tópico”, disse o presidente.

Crédito
Para aquecer a indústria imobiliária e gerar empregos, o governo também anunciou o incentivo ao crédito no setor. Comerciantes também foram contemplados pelo anúncio, com iniciativas para aumentar a competitividade com pagamentos com cartões de crédito, com a prática de valores diferentes de acordo com a forma de pagamento.

Outro anúncio do presidente é a regularização de dívidas tributárias por pessoas físicas e por empresas. A medida abrange dívidas vencidas até 30 de novembro de 2016.

Fundo de garantia

Para desonerar empresários, o governo também vai reduzir, gradativamente, 10% de multa adicional paga em casos de demissão sem justa causa sobre os depósitos no Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). A iniciativa prevê a redução de um ponto percentual a cada ano.

“Estas matérias (…) visam incrementar a economia brasileira, neste momento em que nós queremos o crescimento do país”, disse Temer. Participaram do anúncio feito pelo presidente os ministros da Fazenda, Henrique Meirelles; do Planejamento, Dyogo Oliveira; e da Casa Civil, Eliseu Padilha; além dos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL).

Fonte: Portal Planalto
Inscreva-se no nosso canal do Youtube!

Destaque

Veja Também

Acidentes (649) Altamira (948) Anapu (47) Belo Monte (220) Belo Sun (13) Brasil (1660) Brasil Novo (630) Celebridades (76) Ciência (177) Cinema (67) Clima e Tempo (40) Curiosidades (753) Desaparecidos (10) Eleições (175) Esporte (72) Governo Federal (306) Ibama (56) Imprensa (107) Internet (341) Itaituba (163) Justiça (620) Marabá (37) Medicilândia (160) Mundo (764) Música (124) Norte Energia (185) Novo Repartimento (23) Pacajá (38) Pará (772) Placas (43) Polícia (2004) Política (1030) Porto de Moz (25) Religião (527) Rurópolis (67) Santarém (200) SBT (290) Souzel (35) Tecnologia (214) Televisão (344) Transamazônica (342) Tucuruí (38) Uruará (290) Vitória do Xingu (123)