Governo investirá cerca de R$ 2,2 bilhões no sistema penitenciário em 2017

sexta-feira, janeiro 06, 2017
Entre repasses do Funpen e verbas para construção de presídios federais, governo federal destinará volume recorde de recursos para a área
Ministro da Justiça detalhou os investimentos do governo para a área
O ministro da Justiça e Cidadania, Alexandre de Moraes, afirmou, nesta quinta-feira (5), que o investimento do governo federal no sistema penitenciário vai garantir mais segurança para a sociedade. Além do repasse aos estados de R$ 1,2 bilhão do Fundo Penitenciário Nacional (Funpen), o ministro prevê o investimento de aproximadamente mais R$ 2,2 bilhões na área.

Neste primeiro semestre, antecipa o ministro, haverá a liberação de mais R$ 1,8 bilhão do Funpen e cerca de R$ 200 milhões para a construção de cinco presídios federais, R$ 80 milhões para compra de scanners e outros R$ 150 milhões para adquirir de bloqueadores de celulares. Dessa forma, entre dezembro e junho, o governo federal terá investido, entre dezembro do ano passado até junho, um total aproximado de R$ 3,4 bilhões no aperfeiçoamento do sistema carcerário.

“É um recorde histórico de liberação. Se nós pegarmos os últimos cinco, seis anos e somarmos tudo isso, não chega ao valor que foi liberado somente no ano passado. É importante colocar que esse dinheiro reflete em maior segurança para a sociedade”, disse Moraes, em entrevista ao Portal Planalto, após reunião do núcleo institucional do governo.

O ministro explicou que haverá contrapartidas para os estados nos repasses deste ano, como a modernização e a racionalização dos presídios. “Pediremos obrigatoriedade da separação dos presos por periculosidade e a criação de alas separadas para mulheres e para homens, como determina a Constituição”, afirmou.

Outra proposta é diferenciar os presos que não praticaram crimes violentos daqueles que cometeram delitos de maior potencial ofensivo. “Para que possamos deixar por mais tempo aqueles que praticaram crimes violentos e de grave ameaça”, adiantou.

Fonte: Portal Planalto
Inscreva-se no nosso canal do Youtube!

Veja Também

Pará deve sediar centro integrado de Segurança da região Norte

Pará deve sediar centro integrado de Segurança da região Norte "É preciso que cada um cumpra com a sua obrigação, que tenhamos pulso forte e que se trabalhe muito para que possamos devolver a paz para a população paraense. Tivemos audiência hoje com o Presidente da República, Michel Temer, o Ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, e deputados federais do Pará onde ficou decidido que o Centro Integrado de Comando e Controle da Região Norte será instalado em Belém. É um espaço que integra todos os órgãos de segurança pública, federais e estaduais, com o objetivo de investigar e reduzir a onda de violência que tomou conta da nossa região, do nosso estado e da região metropolitana da nossa capital Belém", disse Helder Barbalho. Por Gleyson Araujo SAIBA MAIS NO LINK: www.tvcidadesbt.com.br/2018/04/para-deve-sediar-centro-integrado-de.html

Publicado por TV Cidade SBT em Sexta, 13 de abril de 2018
Acidentes (733) Altamira (1030) Anapu (57) Belo Monte (227) Belo Sun (14) Brasil (1866) Brasil Novo (668) Celebridades (95) Ciência (192) Cinema (74) Clima e Tempo (51) Curiosidades (983) Desaparecidos (13) Eleições (263) Esporte (76) Governo Federal (369) Ibama (59) Imprensa (115) Internet (415) Itaituba (185) Justiça (715) Marabá (43) Medicilândia (198) Mundo (860) Música (132) Norte Energia (188) Novo Repartimento (28) Pacajá (47) Pará (920) Placas (45) Polícia (2230) Política (1287) Porto de Moz (27) Religião (565) Rurópolis (71) Santarém (218) SBT (302) Souzel (38) Tecnologia (251) Televisão (372) Transamazônica (369) Tucuruí (53) Uruará (322) Vitória do Xingu (138)

Postagem em destaque

Helder lidera em nova pesquisa para governador do Estado

Helder Barbalho (PMDB) lidera na nova pesquisa sobre a preferência do eleitorado paraense nas eleições deste ano ao governo do Estado. Na in...