Helder traz R$4,7 bilhões para o Pará

quinta-feira, janeiro 26, 2017
Helder Barbalho - Ministro da Integração Nacional
Os novos gestores e prefeitos reeleitos no Pará poderão contar, cada vez mais, com o apoio do Ministério da Integração Nacional em ações e projetos fundamentais para o desenvolvimento de seus municípios nos próximos 4 anos. Somente para o Estado, a previsão para o período de 2017 a 2020 é de R$ 4,7 bilhões para ajudar a alavancar investimentos em diversos setores produtivos, via Fundo Constitucional de Financiamento do Norte (FNO) e Fundo de Desenvolvimento da Amazônia (FDA).

Além destes recursos, o ministério tem como principal objetivo estar mais perto dos prefeitos, estreitando as parcerias para ajudar a promover o desenvolvimento econômico e regional e, assim, garantir emprego e renda, além de apoiar ações de Defesa Civil, garantir água de qualidade e financiar empreendimentos. Assim que assumiu a pasta, o ministro Helder Barbalho traçou como meta fortalecer a economia do Pará e região, além de trabalhar pela melhoria da qualidade de vida da população.

Prefeitos e prefeitas que assumiram em 1º de janeiro passado no Pará estiveram em outubro de 2016 com Helder Barbalho, em Brasília. Lá, puderam dialogar com o ministro e seus secretários sobre as ações do ministério que poderão ajudar os gestores. “Estamos juntos para trabalhar pelo desenvolvimento do Pará. É o momento de convergir no sentido de ajudar os municípios”, afirma o ministro.

Segundo Helder, o Governo Federal quer cooperar, ser parceiro dos estados e municípios. “Tenho o compromisso de ajudar o meu Estado em favor dos paraenses”, diz o ministro. “Nossa intenção é estreitar a relação com os prefeitos e prefeitas para apoiar com projetos e investimentos”, acrescentou. A Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec), por exemplo, liberou, desde 2013, R$ 15,4 milhões para os municípios que foram atingidos por alguma ocorrência natural no Estado e que pediram apoio federal.

Fruta

No âmbito da Secretaria de Desenvolvimento Regional, a Rota da Fruta, iniciativa que integra o programa Rotas de Integração Nacional, criado pelo Ministério da Integração Nacional para desenvolver cadeias produtivas em todo o País é um dos destaques.

No Pará, agricultores da região do Tapajós já colhem os benefícios de uma profunda transformação nos seus métodos de produção, resultando em aumento da renda e da qualidade de vida. Lá, a troca da enxada pela tecnologia já aconteceu. Além da mudança na forma de produzir frutas e hortaliças, está prevista a inauguração de uma fábrica de processamento de polpas de frutas. Todo o projeto foi financiado pelo Ministério da Integração Nacional e tem custo de R$ 3 milhões, beneficiando 400 famílias dos municípios de Belterra, Mojuí dos Campos e Santarém. Também está em construção o Plano Nacional de Irrigação, uma das prioridades da Secretaria de Irrigação (Senir/MI). Cada Estado também terá o seu planejamento específico.

O Plano do Pará está sendo desenvolvido junto com a Federação da Agricultura e Pecuária do Pará (Faepa). Outra ação da Senir é o financiamento de projetos de infraestrutura de irrigação. O Regime Especial de Incentivos para o Desenvolvimento da Infraestrutura (Reidi) suspende a exigência da contribuição para o PIS/Pasep, de 1,65%, e da Cofins, de 7,6%, totalizando uma redução de 9,25% no custo dos materiais, serviços e equipamentos em projetos privados do setor.

Ministério da Integração Nacional
Apoio: www.tvcidadesbt.com.br

Destaque

Inscreva-se no nosso canal do Youtube!

Veja Também

Acidentes (649) Altamira (951) Anapu (47) Belo Monte (220) Belo Sun (13) Brasil (1667) Brasil Novo (630) Celebridades (78) Ciência (177) Cinema (67) Clima e Tempo (40) Curiosidades (762) Desaparecidos (10) Eleições (178) Esporte (72) Governo Federal (310) Ibama (56) Imprensa (108) Internet (342) Itaituba (164) Justiça (624) Marabá (37) Medicilândia (160) Mundo (769) Música (125) Norte Energia (185) Novo Repartimento (23) Pacajá (38) Pará (776) Placas (43) Polícia (2008) Política (1038) Porto de Moz (25) Religião (529) Rurópolis (67) Santarém (201) SBT (291) Souzel (35) Tecnologia (215) Televisão (345) Transamazônica (342) Tucuruí (39) Uruará (291) Vitória do Xingu (123)