Slideshow

Breaking News

INDÍGENAS SE REÚNEM COM ÓRGÃOS E NORTE ENERGIA


Após nove dias em Altamira realizando uma série de manifestações, índios de sete etnias da volta grande e médio Xingu estiveram em reunião na tarde desta quinta-feira (26) com representantes de vários órgãos de proteção aos indígenas, como o chefe do escritório do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis, Ibama Altamira, o presidente da Fundação Nacional dos Índios, FUNAI, Secretaria Especial de Saúde Indígena, SESAI, Norte Energia e Ministério Público Federal que mediou a conversa. A reunião aconteceu no auditório do centro de convenções e cursos do município.

Dez lideranças indígenas foram ouvidas. Dentre as principais questões está o descumprimento de itens do Plano Básico Ambiental, o PBA, como construção de postos de saúde e entrega de medicamentos.

Outro problema é a atividade produtiva das comunidades, já que os índios viviam da pesca e após a construção da usina hidrelétrica, eles encontram dificuldades para se manter da atividade.

Após os líderes indígenas exporem os problemas enfrentados pelos povos, a procuradora do Ministério Público Federal Thais Santi, fez algumas recomendações e acordos com os órgãos presentes e diretamente ligados aos índios.

A FUNAI se comprometeu a analisar os problemas e fiscalizar a atividade produtiva das comunidades indígenas. O órgão levará as questões expostas também para uma reunião na Casa Civil que acontecerá na segunda-feira (26). A fundação irá fazer um cronograma de inclusão e desinclusão das aldeias.

Até a próxima quinta-feira (02), a Norte Energia se comprometeu em apresentar um cronograma de um plano de vigilância das áreas do médio Xingu e da volta grande do Xingu, já que são os próprios índios que realizam este trabalho, além de organizar o termo de doação e entrega dos locais de assentamentos. A empresa também irá realizar até março um seminário para discutir os trabalhos nas aldeias, como o Plano Básico Ambiental e atividade produtiva.

Reportagem: Paulo Oliveira Vale do Xingu

Nenhum comentário