Primeira operação militar de Trump mata 14 membros da Al Qaeda no Iêmen

domingo, janeiro 29, 2017
Um militar norte-americano morreu e outros três ficaram feridos


Pelo menos 14 membros da Al Qaeda morreram neste domingo, 29, no primeiro ataque aéreo de grande escala dos Estados Unidos ao Iêmen desde a posse de Donald Trump. Do lado norte-americano, um soldado morreu e três militares ficaram feridos, sendo essa a primeiro morte de um membro do exército em combate desde o ínicio do novo governo norte-americano.

O bombardeio foi realizado no início da manhã de domingo por aviões Apache e helicópteros em Yakla, na região de Baida, no centro do Iêmen, informou um oficial provincial à AFP.

Drones e helicópteros, munidos com metralhadoras pesadas, atacaram Al Qaeda em uma escola e uma mesquita, disse um funcionário que pediu anonimato. Soldados americanos também foram vistos em terra.

O chefe local da Al Qaeda, identificado como Abu Barazan está na lista das pessoas mortas na operação. Outros três chefes tribais ligados à Al Qaeda também teriam morrido: Irmãos Abdelrauf e Soltan Al Zahab e Saïf Alawai Al Jawfi.

Esta operação militar é a primeira atribuída aos Estados Unidos contra os jihadistas no Iêmen desde que Trump assumiu o cargo, em 20 de janeiro.

AFP e Associated Press - O Estado de S.Paulo
Inscreva-se no nosso canal do Youtube!

Veja Também

Pará deve sediar centro integrado de Segurança da região Norte

Pará deve sediar centro integrado de Segurança da região Norte "É preciso que cada um cumpra com a sua obrigação, que tenhamos pulso forte e que se trabalhe muito para que possamos devolver a paz para a população paraense. Tivemos audiência hoje com o Presidente da República, Michel Temer, o Ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, e deputados federais do Pará onde ficou decidido que o Centro Integrado de Comando e Controle da Região Norte será instalado em Belém. É um espaço que integra todos os órgãos de segurança pública, federais e estaduais, com o objetivo de investigar e reduzir a onda de violência que tomou conta da nossa região, do nosso estado e da região metropolitana da nossa capital Belém", disse Helder Barbalho. Por Gleyson Araujo SAIBA MAIS NO LINK: www.tvcidadesbt.com.br/2018/04/para-deve-sediar-centro-integrado-de.html

Publicado por TV Cidade SBT em Sexta, 13 de abril de 2018
Acidentes (733) Altamira (1030) Anapu (57) Belo Monte (227) Belo Sun (14) Brasil (1866) Brasil Novo (668) Celebridades (95) Ciência (192) Cinema (74) Clima e Tempo (51) Curiosidades (983) Desaparecidos (13) Eleições (263) Esporte (76) Governo Federal (369) Ibama (59) Imprensa (115) Internet (415) Itaituba (185) Justiça (715) Marabá (43) Medicilândia (198) Mundo (860) Música (132) Norte Energia (188) Novo Repartimento (28) Pacajá (47) Pará (920) Placas (45) Polícia (2230) Política (1287) Porto de Moz (27) Religião (565) Rurópolis (71) Santarém (218) SBT (302) Souzel (38) Tecnologia (251) Televisão (372) Transamazônica (369) Tucuruí (53) Uruará (322) Vitória do Xingu (138)

Postagem em destaque

Helder lidera em nova pesquisa para governador do Estado

Helder Barbalho (PMDB) lidera na nova pesquisa sobre a preferência do eleitorado paraense nas eleições deste ano ao governo do Estado. Na in...