Bruxas se unem para lançar feitiços contra Donald Trump

segunda-feira, fevereiro 27, 2017
Movimento de bruxas e feiticeiros quer promover um feitiço por mês para derrubar o presidente norte-americano Donald Trump


Um grupo de bruxas e feiticeiros decidiu se unir para promover uma série de feitiços contra o presidente americano Donald Trump. A orientação é para que sejam feitos um feitiço por mês contra Trump.

Um documento com as recomendações tem circulado pela comunidade esotérica pedindo que aqueles que aderirem ao movimento ofereçam um feitiço pedindo a destituição do presidente dos Estados Unidos.

Segundo informações divulgadas pelo Huffington Post, aqueles que aderirem à iniciativa para fazer Donald Trump perder o cargo devem oferecer o feitiço apenas a cada lua crescente, à meia-noite.

A cantora Lana Del Rey, uma das maiores divulgadoras do movimento, tem procurado promover a ação. Os integrantes chegaram a criar um grupo no Facebook para responder dúvidas dos participantes.

O vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, que é um cristão conservador, tem pedido orações pelo governo de Donald Trump. Recentemente ele afirmou precisar de Jesus Cristo mais do que nunca.

Bruxas e pastores

Em resposta a mobilização de bruxas e feiticeiros contra Donald Trump, líderes cristãos estão se mobilizando para combater o movimento.

Um grupo chegou a convocar uma vigília de oração pelo presidente americano nas datas anunciadas pelas bruxas. Para o pastor Karl Payne o movimento não pode ser visto como uma “brincadeira”, mas deve ser levado a sério.

O líder evangélico lembra que existe uma batalha espiritual e que esses ataques não são apenas contra Trump, mas contra os valores que ele defende.

Já Jan Markell, do Ministério Olive Tree, afirma que o ódio contra Donald Trump é gerado por Satanás e que a esquerda está hipnotizada por questões que afligem o coração de Deus.

“Donald Trump não tem o poder de neutralizar essas pessoas e sua agenda, mas ele está tentando fazer avanços significativos para evitar que nosso país caminhe definitivamente para o lado negro”, disse.

Karl Payne também lembrou que orar pelos líderes e autoridades é um mandamento bíblico e que esse mandamento tem sido ignorado pelos cristãos.

“Muitas igrejas estão mais preocupados em fazer amigos e mudaram sua pregação, focando apenas em questões morais e éticas na esperança de serem politicamente correto em vez de serem biblicamente corretos”, disse Payne.

Com informações WND

Destaque

Inscreva-se no nosso canal do Youtube!

Veja Também

Acidentes (677) Altamira (986) Anapu (48) Belo Monte (222) Belo Sun (13) Brasil (1734) Brasil Novo (639) Celebridades (85) Ciência (182) Cinema (70) Clima e Tempo (41) Curiosidades (826) Desaparecidos (10) Eleições (198) Esporte (73) Governo Federal (331) Ibama (57) Imprensa (112) Internet (367) Itaituba (171) Justiça (654) Marabá (39) Medicilândia (165) Mundo (801) Música (127) Norte Energia (186) Novo Repartimento (23) Pacajá (40) Pará (823) Placas (44) Polícia (2076) Política (1122) Porto de Moz (25) Religião (541) Rurópolis (70) Santarém (209) SBT (295) Souzel (35) Tecnologia (227) Televisão (357) Transamazônica (349) Tucuruí (45) Uruará (299) Vitória do Xingu (126)