Slideshow

Breaking News

Especialista que defende fim da PM é assaltado e reclama da PM


VITÓRIA – Em meio ao caos provocado pela paralisação das atividades da Polícia Militar, um fato inusitado chamou a atenção, suscitando piadinhas fascistas, provando que o brasileiro de extrema direita, mesmo em meio desgraças, não perde o bom humor afrodescendente negro.

O especialista em segurança público, Professor Doutor Bruno Barbalho Braz Barrabás Barnabé, que proferia uma palestra na qual defendia a extinção da Polícia Militar na Universidade Federal, entrou em pânico, ao sair do referido evento, e tomar conhecimento que a PM estava de greve.


“MAS… MAS A POLÍCIA MILITAR NÃO PODE FAZER GREVE SEGUNDO A CONSTITUIÇÃO…”, DECLAROU O ESPECIALISTA, ENQUANTO OLHAVA AO REDOR PARA SE CERTIFICAR QUE NÃO VINHA NENHUM MELIANTE EM SUA DIREÇÃO.

Ao se deslocar em direção ao estacionamento no qual estava seu automóvel, o Doutor, que também defende o desarmamento civil, foi abordado por dois elementos, que levaram vários pertences.

“SE TIVESSE UMA VOLANTE DA POLÍCIA AQUI PERTO, CERTAMENTE EU NÃO TERIA SIDO ASSALTADO”, LAMENTOU O ESPECIALISTA, QUE NÃO REGISTROU A OCORRÊNCIA IMEDIATAMENTE, PELO FATO DE TER QUE PARTICIPAR DE OUTRA REUNIÃO, NA QUAL PALESTRARIA SOBRE AS VANTAGENS DE EXTINGUIR A POLÍCIA.


Por Joselito Muller

Nenhum comentário