Municípios são apresentados a novo instrumento de captação de recursos

quinta-feira, fevereiro 16, 2017

“Nós temos a informação que todo final de ano são devolvidos milhões de reais aos cofres da União por falta de projetos municipais e isso faz uma diferença imensa no desenvolvimento dos municípios. Este é um novo momento para os municípios em que vai ser possível acessar com qualidade estes recursos”.

A fala é do prefeito de Muaná, Sérgio Murilo dos Santos, sobre as dificuldades dos municípios em captarem recursos para as demandas municipais. Para em facilitar esse trabalho, a Federação das Associações dos Municípios do Estado do Pará – FAMEP e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-PA), como apoio da Confederação Nacional dos Municípios, Caixa e Ministério da Integração Nacional, apresentaram aos municípios do Pará nesta quinta-feira (16), o Escritório de Captação de Recursos no I Seminário de Introdução, promovido no auditório da Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia(Sudam), em Belém.


Mais de 200 prefeitos e técnicos municipais estão participando do evento. Nele, os gestores municipais estão conhecendo esse novo instrumento de captação de recursos. O curso acontece até esta sexta-feira (17), é voltado para os servidores que atuam na gestão de Convênios e Contratos.

“É um sistema interessante, porque ele informa em dados reais a captação de recursos que o município pode ter tanto à nível dos programas federais como estaduais, e internacionais. Esse sistema também informar ao prefeito quais são as atribuições dele para captar o recurso e quais os custos reais de manutenção dos serviços”, secretário geral da CNM, Eduardo Tabosa Jr. Ele reforçou também que o sistema apresenta ainda o custo real que o município terá na construção e implementação de novos serviços a comunidade.

O Pará é o primeiro estado brasileiro a utilizar a ferramenta. “A CNM adquiriu o sistema da Federação do Comércio de Santa Catarina e está disponibilizando aos estados, sendo que o Pará teve a primeira entidade estadual a utilizar o sistema e apresentar aos seus municípios”, afirmou o secretário executivo da Famep, Josenir Nascimento, destacando o papel da Federação ao sair na frente na assessoria aos municípios.


Ele explicou que além do seminário e da plataforma, a parceria permite aos gestores ter um acompanhamento técnico enquanto utilizam a ferramenta, possibilitando a solução de dúvidas e questionamentos. “Na Famep vamos ter servidores acompanhando o sistema, nas associações dos municípios vamos ter dois ou três servidores e nas prefeituras vamos ter a estrutura que os prefeitos montarem, que pode ser secretaria, assessoria, etc. Com isso, a gente espera que todos os municípios do estado do Pará estejam utilizando e fechar o ciclo do processo”, disse.

Na abertura do evento, estiveram presentes representantes da CNM, Famep, Ministério da Integração Nacional, Sudam, Senar, associações municipais e consórcios regionais de municípios.

Famep Pará

Destaque

Inscreva-se no nosso canal do Youtube!

Veja Também

Acidentes (677) Altamira (986) Anapu (48) Belo Monte (222) Belo Sun (13) Brasil (1734) Brasil Novo (639) Celebridades (85) Ciência (182) Cinema (70) Clima e Tempo (41) Curiosidades (826) Desaparecidos (10) Eleições (198) Esporte (73) Governo Federal (331) Ibama (57) Imprensa (112) Internet (367) Itaituba (171) Justiça (654) Marabá (39) Medicilândia (165) Mundo (801) Música (127) Norte Energia (186) Novo Repartimento (23) Pacajá (40) Pará (823) Placas (44) Polícia (2076) Política (1122) Porto de Moz (25) Religião (541) Rurópolis (70) Santarém (209) SBT (295) Souzel (35) Tecnologia (227) Televisão (357) Transamazônica (349) Tucuruí (45) Uruará (299) Vitória do Xingu (126)