Slideshow

Breaking News

Rio transborda, alaga Transamazônica (BR-230) próximo a cidade de Uruará e carros pequenos já enfrentam dificuldades


A Transamazônica continua causando sérios problemas aos transeuntes após quase 5 décadas de sua abertura. As centenas de quilômetros de estrada de chão da BR-230, que normalmente já não oferecem bom estado de trafegabilidade, estão em condições caóticas com o intenso período chuvoso do inverno amazônico nesse ano de 2017. Já é cena comum as filas quilométricas de caminhões no pé de ladeiras esperando o tempo melhorar. Carros de passeio e uma carreta já tombaram na rodovia nos últimos dias, no trecho entre as cidades de Medicilândia, passando por Uruará até a cidade de Placas.


Não bastassem os vários atoleiros, muita lama e estrada escorregadia, nesta sexta-feira, 10, o Rio Magu transbordou e invadiu a estrada, no km 140, a 40 km da cidade de Uruará, sentido cidade de Medicilândia. Os motoristas são forçados a atravessar a área alagada com água batendo a porta dos veículos, o local é um perímetro da BR de terreno mais baixo e fica a apenas 200 metros distante da ponte sobre o Rio Magu. Neste sábado, 11, os carros de passeio já enfrentam grande dificuldade e sérios riscos de acidente, para passar pelo local e a persistir subindo o nível da água, em breve até mesmo os caminhões não terão como atravessar e seguir viagem pela rodovia. São cerca de 100 metros da rodovia que estão alagados.

Motoristas devem ficar atentos para não serem surpreendidos.

O DNIT ainda não se manifestou sobre o alagamento da rodovia.


Fonte: Gazeta Uruará

Nenhum comentário