Cientista criou 'buraco de minhoca' capaz de conectar 2 regiões magnéticas no espaço

segunda-feira, março 13, 2017
JURIK PETER/SHUTTERSTOCK
Explorada em filmes de ficção, a teoria do buraco de minhoca consiste na ideia de uma passagem que serviria de atalho através do tempo e do espaço. Mas a hipótese de uma viagem no tempo, hoje difícil até de ser imaginada, poderia ser algo possível no futuro?

Como tudo o que envolve descobertas científicas, a resposta mais apropriada seria um breve “talvez”.

Afinal, cientistas da Universidade de Barcelona, ​​na Espanha, já comunicaram que foram capazes de criar em laboratório o primeiro buraco de minhoca capaz de conectar diretamente duas regiões magnéticas diferentes no espaço.

Buraco de minhoca feito em laboratório


FRED MANTEL/SHUTTERSTOCK
Para a experiência científica, a equipe de pesquisadores usou metamateriais e metasuperfícies ao compor um buraco de minhoca que transfere o campo magnético de um ponto no espaço para outro através de um caminho magneticamente indetectável.

Foi possível então mostrar que o campo magnético de uma fonte em uma extremidade do buraco de minhoca aparece na outra, como um campo monopolar magnético isolado, criando a ilusão de um campo que se propaga através de um túnel fora do espaço 3D.

Apesar do sucesso do experimento, os cientistas reconhecem que, atualmente, com a tecnologia disponível, ainda é possível fabricar reais buracos de minhoca cósmicos, pois a quantidade de energia gravitacional seria imensa e imprevisível. Mas, a ideia poderia ser colocada em prática no futuro? Talvez.

Por Paulo Nobuo | VIX
Clique no botão abaixo e Inscreva-se no nosso canal do Youtube!

Destaque

Veja Também