Dois homens de Altamira são presos em Pacajá se passando por funcionários da CELPA

quinta-feira, março 30, 2017

Quando foi presa nesta tarde de quarta (29), a dupla já estava em um hotel da cidade próximo a Transamazônica fazendo mais uma vítima, eles exigiam da proprietária do estabelecimento a importância de R$2 mil reais, caso contrário cortariam a energia elétrica por falta de pagamento. A mulher desconfiou e acionou a polícia militar.

O SGT D Carvalho averiguou a situação e começou a interrogar os acusados, a dupla começou a se contradizer, um não apresentou crachá é o outro mostrou a identificação de outra empresa.


Os dois estavam devidamente uniformizados, porém não prestavam serviço para a CELPA e nem trabalhavam na cidade de Pacajá, ambos são de Altamira.

Laercio Siqueira e Charles Oliveira de Melo (ex funcionário de uma prestadora de serviço da CELPA) foram presos, eles estavam em um carro modelo gol que foi apreendido. Ferramentas e uniformes foram recolhidos, a dupla vai responder entre outros crimes, o de extorsão e falsidade ideológica.

A proprietária do Hotel registrou boletim de ocorrência e procedeu.

Por Felype Adms (com informações da PM/Pacajá)

Destaque

Veja Também