Menina obrigada a casar aos 9 anos faleceu após a noite de núpcias com noivo de 40

quarta-feira, março 22, 2017
A menina de que estamos falando morreu recentemente na noite de núpcias por causa de uma hemorragia interna


Uma menina de apenas 8 anos de idade foi obrigada a casar com um homem que é 5 vezes mais velho do que ela.

Isso aconteceu no Iêmen, o que é uma tradição ainda muito comum naquele país do médio oriente. Por lá, 25 por cento das mulheres casa antes de completar 15 anos.


Em 2010, já tinha sido notícia que uma menina de 12 anos no Iêmen morrera após lutar pela vida durante 3 dias de parto. Um número interminável de meninas tem sido vítimas dessas atrocidades praticadas no país.


Esses casamentos forçados tem sido alvo das denúncias de organizações internacionais que atualmente combatem essa tradição desumana e cruel.

A imagem abaixo é extremamente revoltante. Essa tradição permanece até os dias de hoje por causa da extrema miséria do país.


A grande maioria dos pais são muito pobres que não conseguem recusar as ofertas que os noivos fazem, praticamente comprando as meninas, no que é dos mais deploráveis comércios do planeta.

Compartilhe esse artigo para que essas imagens sejam divulgadas por todo o mundo. 

Por Gleyson Araujo com informações do Portal Beleza
Clique no botão abaixo e Inscreva-se no nosso canal do Youtube!

Destaque

Veja Também

Acidentes (630) Altamira (921) Anapu (46) Belo Monte (220) Belo Sun (13) Brasil (1611) Brasil Novo (624) Celebridades (74) Ciência (172) Cinema (66) Clima e Tempo (35) Curiosidades (705) Desaparecidos (10) Eleições (164) Esporte (69) Governo Federal (299) Ibama (56) Imprensa (105) Internet (330) Itaituba (159) Justiça (594) Marabá (36) Medicilândia (155) Mundo (748) Música (121) Norte Energia (185) Novo Repartimento (21) Pacajá (37) Pará (743) Placas (42) Polícia (1952) Política (990) Porto de Moz (20) Religião (520) Rurópolis (64) Santarém (197) SBT (289) Souzel (33) Tecnologia (212) Televisão (340) Transamazônica (338) Tucuruí (37) Uruará (283) Vitória do Xingu (119)