Ministro Helder Barbalho comemora sucesso do leilão de áreas portuárias em Santarém

sexta-feira, março 24, 2017

O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, participou na manhã desta quinta-feira (23) na capital paulista do leilão de dois terminais portuários de granéis líquidos situados no Porto Organizado de Santarém (PA). O resultado, cujo valor de outorga foi de R$ 68.205.212,14, representou um ágio total de 161% sobre a proposta inicial. No total, a União deve arrecadar pelo menos R$ 100 milhões com as duas áreas portuárias de Santarém. Ao consórcio vencedor caberá investimentos de mais de R$ 30 milhões.

Na opinião de Helder Barbalho, o resultado, além de surpreendente, mostrou que a iniciativa privada aumentou seu interesse pelo Pará como importante corredor logístico no Arco Norte. O ministro ressaltou que os investimentos por parte da empresa vencedora – o consórcio Porto Santarém, formado pela Petróleo Sabbá S/A e Petrobras Distribuidora – são fundamentais para promover o desenvolvimento sustentável da região e, especificamente, do Pará. A ampliação dos terminais vai gerar aproximadamente mil postos de trabalho diretos e indiretos.

“O resultado é uma declaração clara da crença da atividade privada no estado do Pará, nos portos paraenses, no Arco Norte, o que me deixa profundamente feliz por ter colaborado com isto, ter iniciado este processo e ver que o Pará colhe os frutos, e, claro, o Brasil se desenvolve junto com o estado. Estes leilões foram um absoluto sucesso. Serão investidos mais de R$ 30 milhões, além do valor de outorga de mais de R$ 68 milhões”, afirmou.

Satisfeito com o desfecho do leilão, o ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Mauricio Quintella, falou sobre o significado do evento para a área de infraestrutura brasileira: “O resultado demonstra a confiança do setor privado no governo e estamos muito felizes. Essa parceria com o setor é fundamental para o desenvolvimento do país”, afirmou.

A disputa pelo terminal STM04 teve três grupos apresentando propostas: o consórcio Porto Santarém, vencedor com lance final de R$ 18,2 milhões e um ágio de 68% sobre a proposta inicial, a Aba Infraestrutura e Logística e a Distribuidora Equador de Produtos de Petróleo. Já o terminal STM05 teve apenas uma proposta, no valor de R$ 50.005.212,14, também feita pelo consórcio Porto Santarém, que arrematou a área com ágio de 231% sobre o valor mínimo de R$ 15 milhões.

“Isso demonstra claramente que há um olhar atento por parte da iniciativa privada naquilo que o Pará representa e tendo o estado como prioridade de investimentos. É, também, uma sinalização da retomada do crescimento do nosso país”, concluiu Helder Barbalho.

Ministério da Integração Nacional
Clique no botão abaixo e Inscreva-se no nosso canal do Youtube!

Destaque

Veja Também