AGÊNCIA É ASSALTADA E SETE PESSOAS SÃO FEITAS REFÉNS NO PARÁ

domingo, abril 02, 2017
Uma agência da Caixa Econômica Federal foi alvo de um ataque no início da madrugada deste sábado, no município de Dom Eliseu, nordeste paraense. A ação começou por volta de 23h45 e durou cerca de 40 minutos.


De acordo com informações da polícia, um grupo formado por dez homens invadiram o local. Todos estavam vestidos com roupas rajadas, similar as de militares do exército, toucas e portavam armas de grosso calibre, como fuzil 765. Eles chegaram ao município em dois veículos: um de passeio e uma caminhonete.

Ao chegarem na agência, atiraram em direção a porta principal. O bando entrou e foi em direção aos quatro caixas eletrônicos e ao cofre, que pertence a tesouraria do banco, onde as dinamites foram instaladas. Além do cofre, somente duas dinamites que estavam nos caixas eletrônicos explodiram.

Os assaltantes retiraram o dinheiro e na fuga fizeram sete pessoas que estavam em uma pizzaria de reféns. Uma das vítimas possuía uma caminhonete e foi obrigada a conduzir o carro junto com os outros veículos.
Um dos veículos utilizados na fuga pelos assaltantes foi incendiado e abandonado (Foto: Polícia Civil)
Durante a saída do município de Dom Eliseu, que dá acesso a rodovia Belém-Brasília, os assaltantes trocaram tiros com policiais civis que vieram de Paragominas. No entanto, os policiais receberem ordens para encerrarem o tiroteio, pois foram notificados que haviam reféns com os bandidos.

O bando seguiu para o município de Ulianópolis, onde a cerca de 1km um dos carros foi incendiado e uma refém liberada. Mais adiante, aproximadamente 10km, todos os outros reféns foram liberados. Segundo informação das vítimas, o grupo seguiu por uma estrada vicinal, que dá acesso as cidades de Tailândia e Goianésia. A polícia acredita que eles vão seguir fuga em direção a algum lugar do sudeste do Estado.

Até o momento não se sabe a quantia levada pelos assaltantes. A Polícia Federal (PF) foi acionada sobre o caso e uma equipe deve se deslocar para realizar a perícia na agência.

Fonte: ORM

Destaque

Veja Também