Greve geral: “Um embuste fabricado por Lula e pelo PT”

sábado, abril 29, 2017
Em editorial, o Estadão fez um balanço sem meias palavras da greve geral de ontem: organizada por Lula e pelo PT para confundir a opinião pública, tentando se vender como a solução dos problemas que eles mesmos criaram. Leia:
O ex-presidente Lula durante reunião da Executiva do PT
“Tudo isso indica claramente o fracasso de um movimento de espertalhões que pretendia sequestrar o descontentamento da população para utilizá-lo como arma contra o governo que tenta consertar o estrago legado pelo PT. Nada disso significa, é claro, que eles vão desistir e se resignar. Ao contrário: continuarão a agredir a verdade dos fatos e a tentar confundir a opinião pública para se apresentarem como solução dos problemas que eles mesmos criaram.

Por isso, não surpreende que o principal chamamento para a tal ‘greve geral’ tenha partido do próprio PT, que para tanto fez uso até do horário eleitoral a que tem direito na TV, pago com dinheiro do contribuinte. E por isso não surpreende que o chefão petista, Lula da Silva, tenha aproveitado o ensejo de uma greve que ele considerou um ‘sucesso total’ para anunciar-se candidato a presidente: ‘Hoje eu posso dizer com certeza: quero ser candidato a presidente outra vez. Vou pedir ao povo brasileiro a licença para votar em mim’.

Lula e PT apelam descaradamente ao embuste, transformando em ‘grevistas’ os cidadãos impedidos de trabalhar pelo gangsterismo sindical, porque sabem que não lhes restam muitas alternativas – num cenário em que o outrora poderoso partido luta para não se transformar em nanico nas próximas eleições e em que o demiurgo petista tem mais chance de ir para a cadeia do que para o Palácio do Planalto.”
Clique no botão abaixo e Inscreva-se no nosso canal do Youtube!

Destaque

Veja Também