HRPT qualifica colaboradores para implantação da sala de coleta de leite materno

quinta-feira, abril 13, 2017
O Hospital Regional Público da Transamazônica (HRPT), em Altamira (PA), promoveu uma sensibilização sobre aleitamento materno, ordenha para extração do leite e a correta conservação da substância para a nutrição do bebê recém-nascido. A proposta é ampliar o conhecimento e esclarecer possíveis dúvidas da equipe assistencial da Neonatologia sobre a implantação da Sala de Coleta de Leite Materno na unidade.

A qualificação foi realizada para os profissionais que participam do tratamento e fazem o acompanhamento dos recém-nascidos e das mães. A consultora técnica, referência no Estado no assunto, a nutricionista da Santa Casa do Pará, Cynara Souza ministrou a capacitação. “O trabalho trará mais comodidade aos usuários e colaboradores, porque é seguro e saudável para a mãe, para o bebê e para a equipe da assistência. Esse avanço fortalece a cultura do aleitamento materno”, explica a nutricionista.


O Ministério da Saúde recomenda o consumo exclusivo de leite materno durante os primeiros seis meses de vida, pelo menos, como fonte ideal para o crescimento e desenvolvimento das crianças. O recomendado é que o consumo prossiga até o segundo ano de vida. Para esclarecer as mães para a correta alimentação, a nutricionista orientou em relação ao tema. “Toda mãe que é estimulada e incentivada, é capaz de promover a própria nutrição do seu filho, sem que o bebê venha precisar de substitutos do leite materno. Não há falta de leite, o que deve haver é estímulo. A mãe produz o leite por livre demanda, ou seja, quanto mais ela estimular o seu bebê, mais leite ela produzirá”, explica a consultora técnica Cynara Souza.

Segundo a coordenadora da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal e integrante do Método Canguru na região, Renata Chiquetti, o leite materno é o alimento que vai oferecer tudo o que o recém-nascido precisa. “O leite materno é a primeira vacina da criança, além das vantagens técnicas, ele contém mais de 250 nutrientes, como água e proteína, que tem o poder antibacteriano e anti-infeccioso. A proteína tem a função de promover a saúde do bebê. O próprio colostro é riquíssimo em imunoglobulina, por isso, é fundamental a disseminação da informação e o incentivo à amamentação”, explica a colaboradora.

Durante a sensibilização, os profissionais da saúde foram orientados quanto às restrições do consumo do leite materno. Em casos específicos, mães portadoras dos Vírus Linfotrópico da Célula T Humana um e dois e do Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV) estão contraindicadas para amamentar seus filhos, pelo risco de contaminação. Mães vacinadas contra a febre amarela, o Ministério da Saúde recomenda a suspensão de, no mínimo, dez dias de amamentação, como também, a doação de leite.

Para a enfermeira certificada do Método Canguru, Bruna Jacomel, o treinamento trouxe a oportunidade de agregar a equipe técnica no processo de implantação do projeto. “A qualificação da consultora veio fortalecer a sedimentação do projeto dentro do Método Canguru, que hoje é oferecido ao recém-nascido na unidade. A Sala de Coleta de Leite Materno é um dos critérios para que a unidade ofereça um método eficaz e, assim, proporcionar ao bebê um leite materno de qualidade, e, ao mesmo tempo fortalecer o vínculo entre mãe e filho”, comenta.

O hospital prevê que a instalação da Sala de Coleta de Leite Materno esteja concluída em junho deste ano. A equipe que está à frente da iniciativa enxerga na implantação do serviço, a alternativa de ofertar o melhor serviço os usuários. A importância de criar o espaço, de acordo com a diretora de Enfermagem, Luciane Madruga, é o foco da nutrição adequada para bebês que estão em situação de risco e, por isso, precisam do leite materno para se fortalecer. “A implantação desse projeto permitirá a presença da mãe mais por mais tempo no hospital, ou seja, a família estará mais presente e, assim, fortalece o vínculo, o laço, e, consequentemente o fortalecimento da cultura da amamentação”, esclarece.


Por Thais Portela
Clique no botão abaixo e Inscreva-se no nosso canal do Youtube!

Destaque

Veja Também

Acidentes (630) Altamira (921) Anapu (46) Belo Monte (220) Belo Sun (13) Brasil (1611) Brasil Novo (624) Celebridades (74) Ciência (172) Cinema (66) Clima e Tempo (35) Curiosidades (705) Desaparecidos (10) Eleições (164) Esporte (69) Governo Federal (299) Ibama (56) Imprensa (105) Internet (330) Itaituba (159) Justiça (594) Marabá (36) Medicilândia (155) Mundo (748) Música (121) Norte Energia (185) Novo Repartimento (21) Pacajá (37) Pará (743) Placas (42) Polícia (1952) Política (990) Porto de Moz (20) Religião (520) Rurópolis (64) Santarém (197) SBT (289) Souzel (33) Tecnologia (212) Televisão (340) Transamazônica (338) Tucuruí (37) Uruará (283) Vitória do Xingu (119)