Jovem de MG cumpriu a última tarefa do jogo da Baleia Azul. Ele se matou

sexta-feira, abril 14, 2017
O jogo do suicídio provocou a morte de um jovem em Minas Gerais. A Polícia investiga o grupo do qual ele participava
É um influenciador social?
Infelizmente mais um jovem perdeu a vida para o jogo "Baleia Azul", desta vez a morte precoce e trágica foi em Minas Gerais. Gabriel Antônio dos Santos, de 19 anos, morava em Pará de Minas, cidade que fica na região central do estado, segundo a mãe do jovem, ele estava desesperado para sair do grupo da "Baleia Azul" do qual ele participava pelo whatsapp, mas ele não conseguiu se livrar da última e derradeira tarefa o suicídio.

De acordo com o portal de notícias online do jornal Estado de Minas, o jovem tinha esposa e uma filha de apenas 40 dias de vida. Ele cometeu o suicídio na quarta-feira (12), o corpo dele foi encontrado por sua mulher em cima da cama do casal. A família está chocada, segundo parentes e amigos ele sempre foi um rapaz trabalhador, que pagava suas contas, mantinha sua casa e estava feliz com a chegada da filha. Mas depois que começou a participar do grupo secreto Baleia Azul, começou a agir de maneira estranha.

Jogo da Baleia Azul faz mais uma vítima fatal

Maria de Fátima dos Santos, de 37 anos, mãe de Gabriel, confirmou que o filho participava do jogo da morte "Blue Whale", de acordo com ela o filho vinha tentando deixar o grupo mas estava recebendo ameaças e sendo muito pressionado. Segundo Maria, nos últimos dias o filho estava agindo estranhamente e parecia desesperado. Até que nesta quarta-feira ele cometeu suicídio.

A esposa de Gabriel tinha passado a noite na casa de sua mãe e ao chegar em casa encontrou o marido desacordado, ele tomou dezenas de comprimidos, cinco cartelas de um antidepressivo foram encontradas ao lado do corpo, a polícia e os bombeiros foram acionados, mas infelizmente não tinha mais nada a ser feito.

Polícia investiga

A Polícia Civil de Pará de Minas está investigando o caso, de acordo com as primeiras informações o grupo do qual Gabriel fazia parte tem jogadores entre 10 e 20 anos de idade de todos os estados do Brasil. O celular do jovem já está sendo periciado e a polícia vai continuar as investigações até chegar nos responsáveis pelo grupo.

Ele tentou deixar o grupo


No último domingo (9), Gabriel chegou a mostrar sua mãe o jogo e disse que estava sendo ameaçado, que ele havia tentado deixar o grupo mas que sempre era adicionado novamente, ele recebia mensagens quase o tempo todo, Ele contou para a mãe que já tinha cumprido algumas tarefas, como um vídeo no alto de um prédio, assistiu alguns filmes de terror e se automutilou. A mãe dele pediu para que ele não fizesse mais parte deste jogo que segundo ela é do diabo, pois foi criado na intenção de recolher as almas daqueles que se matam. Jogo da morte.


Clique no botão abaixo e Inscreva-se no nosso canal do Youtube!

Destaque

Veja Também