Lula desafiou e perdeu: Léo Pinheiro apresentou todas as provas

domingo, abril 23, 2017
Neste sábado, o jornalista Fausto Macedo, do Estadão, trouxe farta documentação fornecida pelo delator Léo Pinheiro.

O pacotão de evidências comprova todas as informações prestadas pelo empreiteiro à Sérgio Moro.

As provas ajudam a evidenciar a relação pornográfica entre Lula e a empreiteira OAS. Também comprovam que Lula e e Léo Pinheiro, bem como o fato de que a destruição de provas era requisitada pelo ex-presidente há um bom tempo.

Como diz a matéria, "os documentos mapeiam as ligações entre o empreiteiro e pessoas ligadas a Lula, as viagens de veículos do Instituto Lula para o Guarujá e registros de reuniões entre Lula e Léo Pinheiro, que agora o acusa de ser o real dono do triplex".


Mais um trecho da matéria:

Do material anexado pelo MPF. a cópia de um e-mail, no qual um funcionário do Instituto Lula envia a agenda do ex-presidente do dia três de junho de 2014, revela um encontro entre os dois. Ao juiz Moro, o empreiteiro citou uma conversa no mesmo mês entre os dois em que Lula teria pedido a destruição de provas de possíveis repasses da OAS para Vaccari – ex-tesoureiro do PT. ‘Você tem algum registro de algum encontro de contas feitas com João Vaccari com vocês? Se tiver, destrua’”, teria dito Lula, segundo Léo Pinheiro.

A investigação sofisticada feito pelo MPF fez com que os promotores checassem o sistema de pagamentos de pedágio “Sem Parar” para verificar as idas e vindas de carros do Instituto Lula para o Condomínio Solaris, no Guarujá.

Abaixo estão os links para as provas apresentadas por Pinheiro:

Encontro-2013-Léo-e-Lula

Encontro-Junho-de-2014

Encontro-Lula-e-Léo-Pinheiro-em-julho

Encontro-Lula-e-Léo-Pinheiro-em-Novembro

Encontro-Lula-e-Léo-Pinheiro-em-outubro

Ligações-entre-Léo-Pinheiro-e-pessoas-próximas-a-Lula

Reunião-Lula-e-Léo-Pinheiro-setembro-de-2013

Veículos-Instituto-Lula

Agora, fica a constatação mais divertida de todas: desde quinta (20), quando o empreiteiro fez a delação, Lula, seu advogado e os demais petistas ficam batendo na tecla de que "Pinheiro mentiu". Isso muito provavelmente motivou o empreiteiro a entregar as provas com rapidez.

Creio que devemos transformar isso em um método: como os petistas não conseguem passar um segundo sem atacar qualquer um que esteja em seu caminho (incluindo os delatores), as ofensas e os desafios lançados por eles podem ser utilizadas para que os delatores entreguem tudo com mais motivação.

É quase como fazíamos na época das tretas desde o Jardim de Infância: "Ei, você viu o que ele falou de você? Ah, eu não deixava!".

Esse é o pedido: Lula e petistas, por favor, façam mais desafios e xinguem mais os delatores. Com Léo Pinheiro, deu certo!

Fonte: Reu-Uniao

Destaque

Veja Também