Câmera mais rápida do mundo consegue capturar movimento de uma partícula de luz

terça-feira, maio 02, 2017
Como muitos sabem, um vídeo nada mais é do que uma série de fotografias colocadas em sequência. Quanto mais rápida a câmera, mais fotos ela consegue capturar e mais detalhes de uma imagem são registrados. Um vídeo normal capta 24 fotos por segundo, enquanto vídeos em "câmera lenta" podem grava mais de 100 quadros por segundo.
(Foto: Reprodução)
O que dizer então de uma câmera capaz de registrar nada menos do que 5 trilhões de quadros por segundo? Essa é a eficiência da câmera mais rápida do mundo, revelada nesta semana por cientistas da Universidade de Lund, na Suécia.

Essa câmera é tão rápida que consegue até capturar o movimento de um fóton - partícula de luz que, como sabemos, percorre 299.792.458 metros por segundo, o que chamamos de "velocidade da luz". Os cientistas de fato filmaram um fóton em movimento e publicaram o vídeo no YouTube. Veja abaixo:



Para criar a câmera mais rápida do mundo, os cientistas suecos Elias Kristensson e Andreas Ehn criaram um método totalmente novo de registro de imagens. Chama-se "Frame", sigla em inglês que representa Algoritmo de Reconhecimento de Frequência para Múltiplas Exposições, em tradução livre.

Não se trata, portanto, do mesmo método utilizado por câmeras que usam película e nem mesmo por câmeras digitais como as que temos nos nossos smartphones. Os detalhes do novo método foram publicados na revista científica Light desta semana.

Em resumo, cada quadro registrado por uma câmera Frame contém, na verdade, quatro imagens diferentes, capturadas uma após a outra. Um flash a laser dispara uma espécie de "código" para cada uma delas, que depois pode ser usado para separar as quatro imagens. Como neste outro vídeo.

Os criadores da nova câmera já estão em contato com empresas interessadas na tecnologia para produzir um protótipo funcional. De acordo com Elias e Andreas, a esperança é de que essa tecnologia comece a ser usada para registrar reações químicas que normalmente não podem ser vistas a olhos nus.

Olhar Digital [Gizmodo]

Destaque

Veja Também