Jatene está na lista de propinas da JBS

segunda-feira, maio 22, 2017
Mais um capítulo do escândalo que explodiu no Brasil na semana passada, com a delação de Joesley Batista, um dos donos da JBS, veio à tona ontem, em reportagem publicada pelo jornal Estadão, de São Paulo. Em seu acordo de delação premiada, a empresa afirmou ter entregue R$ 1,4 bilhão em propinas a políticos de praticamente todos os partidos do País. Na lista suja da JBS - escrita pelo ex-diretor de relações institucionais da empresa, Ricardo Saud -, está o nome de 16 governadores eleitos em 2014. O nono da lista é Simão Jatene, do PSDB, reeleito governador do Pará, em 2014.
Nome de Simão Jatene é citado na lista suja da JBS pelo ex-diretor Ricardo Saud (Foto: Ricardo Amanajás)
Já cassado e inelegível, sob acusação de crimes graves, como corrupção e improbidade administrativa (leia abaixo), Jatene aparece entre outros dois governadores do PSDB: Geraldo Alckmin, de São Paulo, e Reinaldo Azambuja, do Mato Grosso do Sul (veja a lista completa abaixo). Os valores que cada governador recebeu da JBS ainda não foram revelados. Mas especialistas afirmam que, considerando o total envolvido, deve ultrapassar os R$ 30 milhões para cada. Entre os partidos, o campeão da lista de propinas da JBS é o PT, que embolsou quase R$ 610 milhões, ou seja, cerca de 43,5% do total de R$ 1,4 bilhão. Os repasses ilegais envolvendo a JBS podem ser ainda maiores, caso sejam consideradas todas as doações eleitorais legais. 

PARTIDOS


As planilhas da JBS mostram, também, que a empresa ajudou o PT e o PSDB a comprar partidos para que estes apoiassem as candidaturas de Dilma Rousseff e Aécio Neves, respectivamente. Em outra lista, também escrita por Ricardo Saud, aparece o título “partidos cooptados (parceiros) PT”.


Rodrigo Rollenberg (PSB) – Governador do Distrito Federal

Beto Richa (PSDB) – Governador do Paraná

Geraldo Alckmin (PSDB) – Governador de São Paulo

Simão Jatene (PSDB) – Governador do Pará

Reinaldo Azambuja (PSDB) - Governador do Mato Grosso do Sul

Camilo Santana (PT) –Governador do Ceará

Matéria do jornal ‘Estadão’ revelou que JBS distribuiu R$ 1,4 bilhão em propinas a políticos pelo Brasil (Foto: Internet)

OUTROS ROLOS DE JATENE


CASSAÇÃO - Em março o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Pará cassou o mandato do governador Simão Jatene (PSDB). A relatora da ação, juíza federal Luciana Said Daibes, considerou que Jatene utilizou mais de R$ 100 milhões do programa Cheque Moradia para comprar votos para sua reeleição em 2014.

EMPRÉSTIMO - Simão Jatene solicitou à Assembleia Legislativa autorização para um empréstimo de R$ 523 milhões para o programa “Municípios Sustentáveis”, que será gerenciado pela Secretaria Extraordinária de Estado de Municípios Sustentáveis, para a qual o governador nomeou sua filha, Izabela Jatene. Oposição diz que dinheiro será usado para fazer campanha eleitoral em 2018.

BETOCARD - Simão Jatene também é acusado de improbidade administrativa por ter beneficiado a rede de postos de gasolina do filho, Beto Jatene. De acordo com o Ministério Público, o abastecimento ocorria em dois postos de gasolina de Beto Jatene. O posto que mais vendeu para a PM do Pará, entre janeiro de 2012 e outubro de 2014, recebeu mais de R$ 5 milhões.

CASO CERPASA - Jatene foi indiciado por crime tributário por ter anistiado dívidas de ICMS da Cervejaria Cerpa S/A, causando prejuízo de cerca de R$ 83 milhões, em valores atuais, aos cofres do Estado do Pará. O crime aconteceu em 2002, quando Almir Gabriel, que era governador, prometeu anistiar a empresa caso concordasse em contribuir para a eleição do candidato à sucessão dele, que era Simão Jatene.


(Diário do Pará)

Destaque

Inscreva-se no nosso canal do Youtube!

Veja Também

Acidentes (668) Altamira (967) Anapu (48) Belo Monte (221) Belo Sun (13) Brasil (1689) Brasil Novo (636) Celebridades (83) Ciência (180) Cinema (69) Clima e Tempo (40) Curiosidades (790) Desaparecidos (10) Eleições (184) Esporte (72) Governo Federal (320) Ibama (56) Imprensa (110) Internet (350) Itaituba (168) Justiça (636) Marabá (38) Medicilândia (163) Mundo (785) Música (126) Norte Energia (186) Novo Repartimento (23) Pacajá (39) Pará (798) Placas (44) Polícia (2037) Política (1070) Porto de Moz (25) Religião (536) Rurópolis (69) Santarém (204) SBT (293) Souzel (35) Tecnologia (220) Televisão (352) Transamazônica (345) Tucuruí (40) Uruará (296) Vitória do Xingu (124)