Helder Barbalho solicita apoio do Ministério da Defesa para segurança no Pará

sábado, junho 10, 2017
Ministro destaca que a presença do Exército Brasileiro pode garantir a ordem e ajudar na redução da violência que assola a população paraense


O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, reforçou a necessidade urgente de apoio do Governo Federal no combate à grave crise de segurança no Pará. Em reunião com o ministro da Defesa, Raul Jungmann, na noite desta sexta-feira (9), Helder Barbalho destacou que a presença do Exército Brasileiro pode garantir a ordem e ajudar a conter a violência que vem acometendo a população paraense. Na quinta-feira (8), o ministro já havia se reunido com o titular do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Torquato Jardim, para solicitar a atuação da Força Nacional de Segurança no estado.

“O Pará se tornou um dos estados mais violentos do país, inclusive com Altamira no topo da lista. Em um prazo curtíssimo foram registrados dois episódios graves e ainda não esclarecidos - um no interior e outro na capital. A população não merece viver assim com o sentimento de medo e de indignação”, afirmou Helder Barbalho.

Segundo o ministro, a união de esforços é o caminho para reduzir a violência no Pará. “Precisamos da união do governo estadual, das ações dos municípios e do Governo Federal colaborando também. Por isso, como ministro de Estado, formalizei o pedido de apoio aos ministérios da Justiça e da Defesa e me coloco à disposição das autoridades municipais e do Estado para dialogar, encontrar soluções e buscar investimentos”, disse, ao reforçar que a falta de segurança também compromete o desenvolvimento regional, uma das prioridades de ação do Ministério da Integração.

O ministro Raul Jungmann também manifestou sua preocupação em garantir mais segurança à população paraense. “O ministro Helder nos relatou a situação extremamente grave que vive hoje o estado do Pará. O Ministério da Defesa está à disposição para ajudar a debelar essa crise que é inaceitável, seja com logística, inteligência, capacitação e, se necessário, até cessão de armamento. Eu já havia planejado uma ida ao Pará e aproveitarei para discutir in loco medidas de apoio”, explicou.


Divulgado nesta semana pelo Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas (Ipea), o Atlas da Violência no Brasil classifica o Pará como o quinto estado mais violento do país. Entre as 100 cidades mais violentas, 14 são paraenses. Altamira, na região norte do estado, é o município mais violento do Brasil.

Ministério da Integração Nacional
Clique no botão abaixo e Inscreva-se no nosso canal do Youtube!

Destaque

Veja Também

Acidentes (631) Altamira (924) Anapu (46) Belo Monte (220) Belo Sun (13) Brasil (1613) Brasil Novo (625) Celebridades (74) Ciência (172) Cinema (66) Clima e Tempo (36) Curiosidades (709) Desaparecidos (10) Eleições (165) Esporte (69) Governo Federal (299) Ibama (56) Imprensa (105) Internet (331) Itaituba (159) Justiça (596) Marabá (36) Medicilândia (156) Mundo (748) Música (121) Norte Energia (185) Novo Repartimento (21) Pacajá (37) Pará (747) Placas (42) Polícia (1958) Política (994) Porto de Moz (20) Religião (520) Rurópolis (64) Santarém (197) SBT (289) Souzel (33) Tecnologia (212) Televisão (340) Transamazônica (338) Tucuruí (37) Uruará (283) Vitória do Xingu (119)