Os 5 deputados federais conservadores, cristãos e declaradamente de DIREITA

segunda-feira, junho 19, 2017
BOLSONARO LIDERA O FRONTE DOS PARLAMENTARES ASSUMIDAMENTE DE DIREITA


Jair Bolsonaro, Eduardo Bolsonaro, Marco Feliciano, Paulo Martins e Victorio Galli puxam a fila e, aos poucos outros parlamentares estão assumindo a direita brasileira. Não podemos deixar de mencionar o saudoso e corajoso Enéas Carneiro.

Temas polêmicos que trazem vários debates na sociedade brasileira fazem parte da agenda dos principais ícones da direita e podemos exemplificar:

As cotas raciais, demarcação de terras indígenas, as políticas pró-aborto, o desarmamento da população civil, ideologia de gênero nas escolas, tentativas recorrentes de extinção das polícias militares, políticas de saúde e de segurança pública favorável ao consumo de drogas, esforços para abertura indiscriminada de nossas fronteiras com a Lei de Imigração, propaganda ostensiva do islã e ataques diretos ou indiretos às nossas tradições e valores cristãos.

Entre os maiores paladinos e defensores da direita conservadora e cristã brasileira, surgem os nomes de Jair Bolsonaro, Eduardo Bolsonaro, Marco Feliciano, Paulo Martins e Victorio Galli, que representam efetivamente uma oposição definitiva aos temas da agenda esquerdista brasileira.

Estes cinco nomes representam na Câmara dos Deputados, estudam estratégias e praticam um enfrentamento contra o marxismo cultural no Brasil, nomes que buscam em Chesterton, Olavo de Carvalho, Padre Paulo Ricardo Azevedo e na Bíblia Sagrada auxílio e narrativas para alcançarem a vitória no fronte. E suas contribuições não estão somente no discurso antipetista ou contrários à esquerdopatia impregnada em alguns setores do Brasil. São na verdade, aqueles que buscam trazer todos para a realidade.

Esses parlamentares são combatentes efetivos aos diversos pontos da agenda da esquerda globalista e da Nova Ordem Mundial; são eles que enfrentam com todas as suas forças a tentativa de aliados terroristas internacionais em promover no País uma base islâmica mundial. Hoje, a islamização do ocidente já não é mais vista como uma “teoria da conspiração” é só olhar para a tragédia que se tornou a Europa.

Com Jair Bolsonaro, forte nome a concorrer no próximo pleito à presidência da república, e tendo suas bases eleitorais fortalecidas com os deputados federais Victório Galli (PSC-MT), Eduardo Bolsonaro (PSC-SP) e Marco Feliciano (PSC-SP) e outros nomes que, certamente emergirão, o país terá, pela primeira vez em décadas, uma opção à direita.

Os deputados citados nessa matéria se destacam com atitudes coesas e contundentes, se tornam líderes nacionais incontestáveis e defensores dos valores éticos e da moral cristã.

O BRILHO DOS BOLSONAROS


O brilho dos Bolsonaros promete afastar a escuridão que se instalou na política brasileira. Entre os 5 deputados federais com nota máxima à direita: dois são Bolsonaro: Jair (PSC-RJ), o pai, e Eduardo (PSC-SP), o filho, ambos católicos; Marco Feliciano (PSC-SP) e Victório Galli (Líder do PSC na Câmara – MT), pastores evangélicos; e o jornalista paranaense Paulo Martins (PSDB-PR).

Enquanto uma grande maioria dos deputados brasileiros tem medo de se manifestarem sobre assuntos considerados polêmicos, por um outro lado os brasileiros mostram o inverso. A cada dia se descobre que os assuntos são polêmicos somente para a esquerda, não para a maioria da população.

Os cinco deputados citados ganham espaço na mídia nacional e internacional, e são cada vez mais respeitados pelos brasileiros. O deputado Victório Galli (PSC-MT) demonstra que tem coragem e está ganhando espaço. Hoje, Galli é o deputado federal, do estado de Mato Grosso, mais seguido nas mídias sociais e tem conquistado admiração de cidadãos de todas as partes do país.

Além de ser o único de MT a figurar com 100% de presença em sessões na Câmara e um dos únicos do Brasil. Podemos dizer que, como outros que compartilham de suas ideias, Galli não é mais somente deputado de MT. Galli, por sua atuação em Brasília, já é admirado e considerado Deputado do Brasil.

Paulo Martins, não é mais um suplente de Deputado Federal do Paraná, mas um gigante respeitado por todos os brasileiros.

Marco Feliciano se qualifica para buscar uma cadeira no Senado Federal pelo estado de São Paulo, um dos primeiros a combater o ativismo LGBT no Brasil enquanto Presidente da Comissão de Direitos Humanos.

Eduardo Bolsonaro, um dos 4 filhos de Jair Bolsonaro, deixou a carreira de Policial Federal pra se tornar um dos políticos, de direita, mais influentes do Brasil.

Jair Bolsonaro, dispensa apresentações, simplesmente o mito, entrou em combate contra a esquerda brasileira e contra a hegemonia cultural marxista há mais de duas décadas, foi uma voz quase única no plenário da câmara durante muitos anos.

Outro ponto a ser avaliado é o entrosamento nas mídias sociais. Algo raro e valioso. Se tornar um ícone nas mídias sociais e obter pessoas para te acompanhar no Facebook e ver seus discursos no YOUTUBE, sendo você um político, deveria ser uma missão quase impossível, especialmente nessa época de tanto desgaste e notícias ruins.

Mas não é uma tarefa difícil para Jair Bolsonaro, que já é o presidenciável mais seguido no facebook, com mais de 4 milhões de seguidores (4.368.000); Marco Feliciano com 4.044.000 seguidores; Eduardo Bolsonaro com 1.365.000 seguidores; Paulo Martins com 246.000 e Victório Galli com 57.300 seguidores.

Por Marcelo Duarte | Marreta Urgente
Clique no botão abaixo e Inscreva-se no nosso canal do Youtube!

Destaque

Veja Também