MANIFESTANTES BLOQUEARAM A TRANSAMAZÔNICA ENTRE URUARÁ E MEDICILÂNDIA

terça-feira, julho 18, 2017

A rodovia foi bloqueada a cerca de 12 km da cidade de Uruará sentido Medicilândia, a 172 km de Altamira no sudoeste do Pará. O protesto começou ainda nas primeiras horas da manhã desta segunda-feira (17), quando um grupo de pelo menos 100 agricultores bloquearam a passagem de qualquer veículo pela BR-230 a Transamazônica.

Curte nossa página no Facebook e fique atualizado!

Os manifestantes reivindicam melhorias para a rodovia estadual do Chapadão, PA 370, como pontes, energia e recuperação de trechos da estrada.

Carretas, ônibus e veículos de passeio formaram filas de carros dos dois lados da estrada, os agricultores prometeram ficar no local até um representante do governo federal ir ao bloqueio. Em Altamira a PRF tomou conhecimento dos protestos e deslocou equipes para o local do bloqueio.

Por Felype Adms com Informações de Cirineu Santos
Inscreva-se no nosso canal do Youtube!

Veja Também

PMA - FESTA DO TRABALHADOR 2018

Para festejar o dia do trabalhador, só mesmo uma grande festa !

Publicado por TV Cidade SBT em Terça-feira, 24 de abril de 2018
Acidentes (734) Altamira (1030) Anapu (57) Belo Monte (227) Belo Sun (14) Brasil (1872) Brasil Novo (669) Celebridades (95) Ciência (195) Cinema (74) Clima e Tempo (51) Curiosidades (996) Desaparecidos (13) Eleições (266) Esporte (76) Governo Federal (369) Ibama (60) Imprensa (115) Internet (417) Itaituba (185) Justiça (722) Marabá (43) Medicilândia (199) Mundo (867) Música (132) Norte Energia (188) Novo Repartimento (28) Pacajá (47) Pará (925) Placas (45) Polícia (2235) Política (1295) Porto de Moz (27) Religião (565) Rurópolis (71) Santarém (218) SBT (302) Souzel (38) Tecnologia (253) Televisão (373) Transamazônica (369) Tucuruí (53) Uruará (322) Vitória do Xingu (139)

Postagem em destaque

Helder lidera em nova pesquisa para governador do Estado

Helder Barbalho (PMDB) lidera na nova pesquisa sobre a preferência do eleitorado paraense nas eleições deste ano ao governo do Estado. Na in...