Petrobras reduz preço de GLP para uso industrial e comercial em 5 por cento

terça-feira, julho 04, 2017
A Petrobras reduziu os preços de comercialização às distribuidoras do GLP [gás liquefeito de petróleo] destinado aos usos industrial e comercial. A redução média de 5% entra em vigor a partir de amanhã (4). Segundo a companhia, o motivo principal para o reajuste foi a queda das cotações do produto no mercado internacional.



De acordo com a estatal, os preços do GLP destinado ao uso residencial, comercializado pelas distribuidoras em botijões de até 13kg, conhecido como P13 ou gás de cozinha, não foram objeto deste reajuste.

As empresas distribuidoras de GLP foram informadas na tarde de hoje que o preço do GLP industrial (para embalagens acima de 13 quilos) será reduzido a partir de amanhã, dia 4 de julho, nas unidades da Petrobras.

Por meio de nota, o Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo (Sindigás) disse que, de acordo com as informações recebidas da Petrobras pelas distribuidoras, a queda de preço flutuará entre 4,5% e 5,2%, conforme o polo de suprimento.

O Sindigás considerou positiva a redução do preço para embalagens que atendem o comércio e a indústria, porque aproxima mais o preço interno dos valores praticados no mercado internacional para setores que necessitam de menores custos. “Com a redução de preços a contar a partir de amanhã [4 de julho], o Sindigás calcula que o valor do produto para embalagens acima de 13 quilos ainda permanecerá 38% acima da paridade de importação, ou seja, com margem para novas quedas”, concluiu a nota.


Fonte: Agência Brasil
Inscreva-se no nosso canal do Youtube!

Veja Também

Pará deve sediar centro integrado de Segurança da região Norte

Pará deve sediar centro integrado de Segurança da região Norte "É preciso que cada um cumpra com a sua obrigação, que tenhamos pulso forte e que se trabalhe muito para que possamos devolver a paz para a população paraense. Tivemos audiência hoje com o Presidente da República, Michel Temer, o Ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, e deputados federais do Pará onde ficou decidido que o Centro Integrado de Comando e Controle da Região Norte será instalado em Belém. É um espaço que integra todos os órgãos de segurança pública, federais e estaduais, com o objetivo de investigar e reduzir a onda de violência que tomou conta da nossa região, do nosso estado e da região metropolitana da nossa capital Belém", disse Helder Barbalho. Por Gleyson Araujo SAIBA MAIS NO LINK: www.tvcidadesbt.com.br/2018/04/para-deve-sediar-centro-integrado-de.html

Publicado por TV Cidade SBT em Sexta, 13 de abril de 2018
Acidentes (733) Altamira (1030) Anapu (57) Belo Monte (227) Belo Sun (14) Brasil (1866) Brasil Novo (668) Celebridades (95) Ciência (192) Cinema (74) Clima e Tempo (51) Curiosidades (983) Desaparecidos (13) Eleições (263) Esporte (76) Governo Federal (369) Ibama (60) Imprensa (115) Internet (415) Itaituba (185) Justiça (716) Marabá (43) Medicilândia (199) Mundo (860) Música (132) Norte Energia (188) Novo Repartimento (28) Pacajá (47) Pará (921) Placas (45) Polícia (2230) Política (1289) Porto de Moz (27) Religião (565) Rurópolis (71) Santarém (218) SBT (302) Souzel (38) Tecnologia (251) Televisão (372) Transamazônica (369) Tucuruí (53) Uruará (322) Vitória do Xingu (138)

Postagem em destaque

Helder lidera em nova pesquisa para governador do Estado

Helder Barbalho (PMDB) lidera na nova pesquisa sobre a preferência do eleitorado paraense nas eleições deste ano ao governo do Estado. Na in...