Prefeito de Breu Branco foi morto porque recusou ser corrupto, diz PC

sábado, julho 29, 2017
Segundo a PC, Ricardo Chegado não perdoou a honestidade do prefeito de seu partido e mandou matá-lo.
(Foto: reprodução/RBATV)
Após dois meses e meio de investigação, a Polícia Civil prendeu, na manhã desta sexta-feira (28), cinco pessoas envolvidas na morte do prefeito de Breu Branco, Diego Kolling (PSD), o Diego Alemão, assassinado a tiros no mês de maio deste ano. Entre os presos está o próprio presidente do partido de Alemão em Breu Branco: Ricardo José Pessanha Lauria, também conhecido como Ricardo Chegado.

Curte nossa página no Facebook e fique atualizado!

Chegado contratou Antônio Genival, 40, para matar Diego Alemão, após o prefeito não compactuar com fraudes em licitação que beneficiariam o presidente do partido.

"Infelizmente, ele (Diego) se aliou com um bandido que era o presidente do partido dele e queria fazer da prefeitura uma empresa. Como não comungou com essas pretensões do então aliado, foi morto", afirmou o delegado Rilmar Firmino da Polícia Civil.



Cumprimento de mandados

Durante a operação foram cumpridos cinco mandados de prisão temporária, 10 mandados de condução coercitiva e 10 mandados de busca e apreensão.

Celulares e outros objetos também foram apreendidos.

Os presos foram encaminhados para a Superintendência Regional da Polícia Civil na Região dos Lagos, em Tucuruí e em seguida transferidos para Belém.
(Foto: Paco Martins)
O executor, Antônio Genival, foi quem denunciou Ricardo Chegado como mandante do crime, porém, em seu depoimento não divulgou a quantia recebida para cometer o delito.

Curte nossa página no Facebook e fique atualizado!

As outras três pessoas presas não tiveram a identidade revelada.

Motivação do crime

Segundo o delegado Rilmar Firmino, Chegado ganhou uma licitação, realizada no mês de fevereiro, com um preço bem abaixo do preço do mercado, destinada ao transporte público escolar.

Logo após o resultado, a licitação foi anulada ao ser constatado que Chegado não tinha condições econômicas de colocar em prática a proposta apresentada no papel.

"Ele (Chegado) ficou com raiva porque queria ganhar de qualquer forma a licitação. Como ele não tinha como cumprir, queria que o prefeito aceitasse como se fosse uma proposta, formal. Foi onde houve o rompimento da aliança e amizade", acrescentou o delegado.

Execução a tiros


O prefeito do município de Breu Branco, Diego Kolling, 34, foi assassinado no início da manhã do dia 16 de maio deste ano, enquanto pedalava uma bicicleta na companhia de amigos em um trecho da rodovia PA-263, que liga os municípios de Tucuruí a Goianésia do Pará.


Diego foi atingido com um tiro no lado direito do peito, chegou a ser socorrido e encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade, mas não resistiu aos ferimentos.

(Com informações de Paco Martins/Diário do Pará)

Destaque

Inscreva-se no nosso canal do Youtube!

Veja Também

Acidentes (667) Altamira (966) Anapu (48) Belo Monte (221) Belo Sun (13) Brasil (1687) Brasil Novo (635) Celebridades (83) Ciência (180) Cinema (69) Clima e Tempo (40) Curiosidades (788) Desaparecidos (10) Eleições (183) Esporte (72) Governo Federal (320) Ibama (56) Imprensa (110) Internet (350) Itaituba (168) Justiça (635) Marabá (38) Medicilândia (163) Mundo (784) Música (126) Norte Energia (186) Novo Repartimento (23) Pacajá (39) Pará (798) Placas (44) Polícia (2036) Política (1068) Porto de Moz (25) Religião (536) Rurópolis (69) Santarém (204) SBT (293) Souzel (35) Tecnologia (218) Televisão (352) Transamazônica (345) Tucuruí (40) Uruará (296) Vitória do Xingu (124)