Slideshow

Breaking News

Preso em Uruará suspeito de planejar roubo no município de Rurópolis

A equipe de plantão da Polícia Civil de Uruará, cumpriu na manhã desta quinta-feira 31, um mandado de prisão expedido pela justiça do município de Rurópolis em desfavor do nacional, Ítalo Augusto Storari do Carmo, vulgo Gaúcho, 45 anos. O mesmo é suspeito de ser o mentor de um roubo ocorrido no município.


O suspeito tem residência no centro da cidade de Uruará e outra residência no Km 178, a 2 km do centro urbano. O mesmo teria dito que está desempregado atualmente.

As investigações que apontaram Ítalo como mentor do assalto foram presididas pelo delegado Ariosnaldo Filho da Polícia Civil de Rurópolis com o apoio do PII, setor de inteligência da PM, sob o comando do major Márcio Abud.


“Após investigações realizadas no município de Rurópolis pelo delegado Ariosnaldo, conseguiu identificar após a prisão de alguns indivíduos que em depoimentos relataram sobre a existência de um terceiro indivíduo envolvido no caso de roubo ocorrido, que teve como vítima um empresário de Rurópolis, e este indivíduo era quem dava o suporte, ou seja, fornecia arma, e fez inicialmente o levantamento de onde poderia ter o dinheiro, e contratou esses indivíduos para realizarem o crime e depois dividirem o lucro. Após a conclusão das investigações foi representado pela prisão temporária deste indivíduo que seria o mentor do crime. E nesta quinta-feira nós recebemos o mandado e demos cumprimento. Também foi realizada uma busca e apreensão na residência do mesmo, mas não foi localizado nada. Agora ele (Ítalo Augusto Storari do Carmo) está a disposição da justiça. Vamos fazer o interrogatório e encaminhar ele para Rurópolis”, detalhou o delegado Walison Damasceno.

Ítalo nega o envolvimento no crime.

O assalto ocorreu no dia 18 de julho deste, em um pequeno comércio da comunidade de Divinópolis, km 75 da rodovia Transamazônica (BR-230).

Ainda segundo informou a Polícia Civil, será apurado se Ítalo está envolvido em algum crime ocorrido no município de Uruará.

Por Joabe Reis | Informações: Polícia Civil de Uruará