Slideshow

Breaking News

Em menos de 24 horas, cinco mortes violentas são registradas em Parauapebas

Depois de um período de aparente tranquilidade, Parauapebas volta a ser sacudida pela onda da violência. De segunda-feira (11), até o início da tarde desta, terça (12), cinco pessoas foram mortas, entre elas, um policial militar, que foi torturado e assassinado durante um assalto na residência dele.
Cabo/PM Raimundo Nonato Oliveira de Sousa
Só na manhã de terça, três jovens foram executados a tiros no meio da rua. Dois no Bairro Nova Vida e outro no Bairro da Paz. As causas dos crimes ainda estão sendo levantadas pela polícia. Ainda são poucas as informações sobre as vítimas e não se sabe se os crimes têm alguma ligação.


Além do cabo Raimundo Nonato Oliveira de Sousa, conhecido no município por “Santarém”, de 51 anos, na noite de segunda-feira, também foi morto durante uma intervenção policial, Robson Gonzaga dos Santos, de 20 anos. E na manhã de terça-feira, no Bairro Nova Vida, dois jovens foram alvejados a tiros.


Um, identificado apenas como Mikael, morreu na hora. O outro, Arthur Gomes, ainda foi socorrido e levado para o Hospital Municipal, mas acabou vindo a óbito. No final da manhã, outro jovem, ainda sem identificação, foi executado no Bairro da Paz.

Por Tina Santos / Grupo Correio de Comunicação